Ismail Jakobs: "Espero que Lukas Podolski saiba meu nome"

Esperança do Colônia para que dias melhores cheguem, Ismail Jakobs tem Lukas Podolski como ídolo e um modelo a seguir


Aos 21 anos, Ismail Jakobs faz a sua segunda temporada na equipe profissional dos Bodes. O jovem estreou na temporada passada e teve uma rápida ascensão, logo atingindo o status de titular. Polivalente, Jakobs despontou na equipe b do Colônia em 2018/19 atuando como meia e lateral esquerdo, por vezes, lateral direito. Hoje, está se firmando como uma ponta pela esquerda, sua posição preferida. 


Nascido em Colônia, Jakobs tem ascendência senegalesa e poderia defender a seleção africana, mas nunca teve contato com a Federação Senegalesa. Em setembro, recebeu seu primeiro chamado para se juntar à Seleção Alemã sub-21, que disputa as Eliminatórias para Eurocopa da categoria. Em entrevista à revista Kicker, falou sobre a Junioren-Mannschaft, o momento que vive o Colônia e, claro, de sua relação com Lukas Podolski.


"Tive muitas lesões em minha juventude e não estive no radar da DFB. Só no ano passado fiz a minha estreia no Colônia, por isso só entrei agora para a Seleção sub-21. Quando estou com a Seleção, não penso muito no clube, concentro-me completamente na equipe nacional. Tivemos um início difícil (ne: no Colônia) devido a muitas lesões, por exemplo, de Jonas Hector, Florian Kainz, eu também estive de fora no início, além de termos tido, relativamente, muitos recém-chegados. Penso que ainda temos de nos encontrar como uma equipe. Estamos num bom caminho, perdemos apenas um dos últimos quatro jogos, mas a primeira vitória da temporada ainda está para vir. Após a Data FIFA, temos Union Berlin e Borussia Dortmund, que não são propriamente tarefas fáceis. Mas estou convencido de que marcaremos pontos aí".


O Colônia não vence há 17 jogos de Bundesliga. No momento, os Bodes somam 3 pontos em 7 jogos disputados pela edição 2020/21


Mas, antes de voltar ao Colônia, Jakobs quer fazer o terceiro e o quarto jogo internacional pela Junioren-Mannschaft e, claro, vencê-los: "Espero que possamos vencer os dois jogos e, claro, gostaria de jogar ambos. Queremos tornar clara a vitória do grupo e qualificar-nos para o Campeonato Europeu. Temos isso em nossas mãos e estamos confiantes que iremos disputar a Euro no próximo ano. Seria muito bom voltar ao Colônia com um sentimento de realização". 


Nesta quinta, a Seleção Alemã sub-21 disputa amistoso contra a Eslovênia, em Braunschweig, a partir das 14h15 de Brasília - a partida terá transmissão gratuita no YouTube. Já na terça-feira, 17, a Junioren-Mannschaft enfrenta o Pais de Gales, em partida válida pelas Eliminatórias que pode selar a classificação para próxima Eurocopa, também em Braunschweig e às 14h15. 


Ismail Jakobs e Lukas Podolski (Imago Images)

Questionado sobre que jogador era seu ídolo ou modelo a seguir, Jakobs foi direto: "Só há uma resposta: Lukas Podolski. Há poucas pessoas que não gostam dele, é um grande cara. Ele teve uma ótima carreira e, é sim, um modelo, ou não teria seu número 10 retirado pelo Colônia, só isso mostra a lenda que ele é. Eu o conheci quando tinha 13 anos e ele foi nos ver, então tirei uma foto com ele. Acho que ele sabe meu nome. Pelo menos espero que sim!"


Poldi teve duas passagens pelo Colônia e realizou 181 jogos, marcando 86 gols pelo seu clube do coração. O número 10 de Podolski não chegou a ser aposentado oficialmente pelo Colônia, mas não foi usado por nenhum outro jogador até 2014, quando Patrick Helmes o utilizou - desde a aposentadoria de Helmes, a camisa não foi usada por ninguém.


SIGA O FUSSBALL BRASIL NO TWITTER E NO INSTAGRAM E FIQUE SEMPRE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO FUTEBOL ALEMÃO MASCULINO E FEMININO

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.