A histórica e brilhante trajetória de Kai Havertz no Bayer Leverkusen

Chelsea to 'Promptly' Submit Formal Offer for Bayer Leverkusen's Kai Havertz

Kai Havertz pode, certamente, ser considerado um dos melhores e mais importantes jogadores que já vestiram a camisa do Bayer Leverkusen. O meia de 21 anos, nascido em Aquisgrana, não só fez história pelo seu clube, como também fez pela Bundesliga.

Início da carreira

Kai Lukas Havertz nasceu e foi criado em Aquisgrana, na Alemanha, em uma família que tem o DNA futebolístico. Tanto seu avô, quanto seu pai, tiveram contato com o futebol amador e seu primeiro contato com o esporte foi aos 4 anos de idade, quando se juntou ao Alemannia Mariadorf. Quando completou 9 anos, sua família consultou outros times que poderiam se interessar por Havertz e, em 2009, ingressou no time local, Alemannia Aachen. 

Bayer Leverkusen

Em 2010, aos 11 anos, Kai Havertz se mudou para Leverkusen para atuar pelo Bayer 04, que se interessou no jogador, apesar de sua pouca idade. Havertz começou a obter atenção da imprensa local e dos torcedores em sua terceira temporada no time sub-17 Werkself - 2015/16. O meia de, na época, 17 anos marcou 18 gols na Bundesliga da categoria, ajudou o clube a ser campeão da competição e foi premiado com a medalha de prata Fritz Walter, prêmio concedido pela Federação Alemã de Futebol aos melhores jogadores das categorias de base.

B-Junioren: Bayer Leverkusen nach Sieg über U17 des BVB Meister
Kai Havertz foi peça fundamental do Bayer Leverkusen para a conquista do título da Bundesliga na categoria sub-17 

No mesmo ano, no dia 15 de outubro de 2016, Kai Havertz fez sua estreia no time profissional do Bayer Leverkusen, se tornando, na época, o jogador mais novo do clube a entrar em campo pela Bundesliga (em 2020, Florian Wirtz ultrapassou esse recorde).  Kai Havertz recebeu a oportunidade de ser titular na Champions League no jogo de ida das oitavas de final da competição, na qual o Leverkusen perdeu por 4 a 2 para o Atlético de Madrid. Para a partida de volta, o camisa 29 não foi relacionado, pois tinha que realizar um exame no colégio. Sem Havertz, os times empataram em 0 a 0 e o Werkself foi eliminado.

O primeiro gol de Havertz veio no dia 2 de abril de 2017, no empate por 3 a 3 contra o Wolfsburg. Na ocasião, o meia se tornou o jogador mais novo a marcar um gol com a camisa do Leverkusen na Bundesliga - marca que também foi ultrapassada por Wirtz - e encerrou sua temporada de estreia com 28 jogos, 4 gols e 6 assistências.

Imagem
Na última rodada da Bundesliga da temporada 2016/17, o Bayer Leverkusen goleou o Hertha Berlin por 6 a 2, e Kai Havertz marcou duas vezes para o time Werkself

Na temporada seguinte, Kai Havertz se tornou o jogador mais novo da história da Bundesliga a realizar 50 jogos no campeonato, com 18 anos e 307 dias, quebrando o recorde de Timo Werner. Ao final, marcou 4 gols em todas as competições e deu 9 assistências.

Temporada brilhante e auge da carreira

A temporada 2018/19 não começou muito bem para o Bayer Leverkusen. Após o primeiro turno da Bundesliga, o Werkself ocupava a 9ª colocação na tabela e o técnico Heiko Herrlich foi demitido. Ainda assim, individualmente, Kai Havertz fez boas atuações, suficientes para Joachim Löw o chamar para a seleção alemã em agosto de 2018, mesmo sem nunca ter sido chamado para a categoria sub-21 da seleção. Ao fazer sua estreia, no amistoso contra o Peru, Havertz se tornou o primeiro jogador nascido em 1999 a representar a seleção nacional. O atleta do Leverkusen marcou seu primeiro gol com a camisa da Alemanha em um amistoso contra a Argentina, um ano depois.

Durante a fase de grupos da Europa League, Kai Havertz marcou seus dois primeiros gols em uma partida internacional pelo Bayer, na vitória por 3 a 2 do time sobre o Ludogorets Razgrad, no dia 20 de setembro de 2018. O meia encerrou o ano com 9 gols e 7 assistências.

O ano de 2019 foi uma virada de chave para o Bayer Leverkusen. Com um novo técnico, Peter Bosz, o time iniciou o segundo turno da Bundesliga de forma fantástica. Apesar de ter sido eliminado nas oitavas de final da DFB-Pokal e nos 16 avos-de-final da Europa League, no campeonato nacional o time realizou uma arrancada de 4 vitórias nos 5 primeiros jogos e, durante essa série, Kai Havertz se tornou o jogador mais novo da história do clube a marcar um gol de pênalti, com 19 anos, 7 meses e 16 dias, na vitória por 3 a 0 sobre o Wolfsburg. No dia 17 de fevereiro, Havertz se tornou o segundo jogador mais novo a realizar 75 partidas na Bundesliga - atrás somente de Julian Draxler - na vitória por 2 a 0 sobre o Düsseldorf, na qual ele marcou um dos gols. Seu 100° jogo pelo Leverkusen foi na vitória contra o Stuttgart. Nesse jogo, o jogador de, na época, 19 anos abriu o placar, assim como em outras oito partidas da Bundesliga - mais do que qualquer outro jogador do time.

Na última rodada da Bundesliga, Kai Havertz marcou seu 17° gol da campanha, se tornando o terceiro jogador com mais gols na temporada do campeonato - além de ter concedido 4 assistências - e o mais novo da história da competição a alcançar essa marca. Havertz jogou todas as 34 rodadas do campeonato, sendo titular em 33, e ajudou o clube a voltar a disputar a Champions League, após 2 temporadas fora do torneio continental. Em pesquisa realizada pelo jornal 'Kicker', com votos de 250 jogadores da Bundesliga, o meia do Leverkusen foi eleito o melhor jogador da temporada, com 20,8% dos votos, superando Marco Reus, do Borussia Dortmund, que obteve 20%.

Uma temporada que, com certeza, Kai Havertz e todo torcedor do Leverkusen nunca se esquecerá.

Nach erstem Leverkusen-Training: Kai Havertz vermisst Julian Brandt – und  ist enttäuscht - Sportbuzzer.de
Na temporada 2018/19, Kai Havertz e Julian Brandt fizeram seus melhores números juntos e se estabeleceram como a dupla protagonista do Bayer Leverkusen, sendo dois dos principais responsáveis pela classificação do clube à Champions League

Última temporada pelo Bayer Leverkusen 

Na estreia da temporada 2019/20, pela primeira fase da DFB-Pokal, Kai Havertz viveu um momento de nostalgia: o adversário foi o Alemannia Aachen, seu primeiro clube de base. E teve "lei do ex". Havertz marcou um dos gols da goleada do Bayer Leverkusen por 4 a 1 sobre o time de Aquisgrana.  Na primeira rodada da Bundesliga, o meia do Leverkusen que, na época, tinha 20 anos marcou um gol e se tornou o segundo jogador mais jovem a marcar 25 gols na Bundesliga, atrás somente de Horst Köppel. 

Apesar do início promissor, Kai Havertz fez seu pior início de temporada desde sua estreia. O jogador fez, somente, 3 gols e 1 assistência em 21 jogos e, ainda assim, não deixou de registrar recordes. No clássico contra o FC Köln, com 20 anos, 6 meses e 4 dias, Havertz ultrapassou Timo Werner e se tornou o jogador mais novo da Bundesliga a realizar 100 partidas pelo campeonato.

Na última partida do Bayer Leverkusen na BayArena em 2019, ocorreu um caso inusitado: ao ser substituído aos 27 minutos do segundo tempo, parte dos torcedores do Werkself dirigiram vaias ao Havertz, como resultado de sua má fase.

Nova década, nova fase. O camisa 29 do Leverkusen começou 2020 marcando 1 gol e dando 1 assistência na estreia do time no segundo turno da Bundesliga e, após esse jogo, até o hiato forçado pela pandemia do coronavírus, Havertz marcou mais 6 gols e deu 6 assistências, contabilizando todas as competições da temporada.

A quarentena forçada pela Covid-19 parece ter feito bem a Kai Havertz. Após a pausa da Bundesliga, o jogador marcou 5 gols nos primeiros 4 jogos, mas no último jogo dessa série, Havertz sofreu um problema muscular e teve de ser substituído aos 21 minutos do segundo tempo, perdendo a partida seguinte contra o FC Bayern. Sua volta foi na rodada seguinte, contra o Schalke 04. O jogo acabou em empate por 1 a 1. O camisa 29 do Bayer Leverkusen voltou a balançar as redes no clássico contra o FC Köln, e seu gol marcado na BayArena foi o seu último no campeonato alemão.

Ao final da Bundesliga da temporada 2019/20, o Leverkusen perdeu a quarta vaga da Champions League para o Borussia Mönchengladbach, mas apesar de ter ficado na quinta colocação na tabela, foi a temporada que o Bayer 04 mais somou pontos (63) no campeonato nacional desde que Kai Havertz estreou.

Kai Havertz - Perfil de jogador 20/21 | Transfermarkt
Kai Havertz em ação durante sua última temporada pelo Bayer Leverkusen

Primeira final e últimos jogos

Após campanha invicta na DFB-Pokal, o Bayer Leverkusen chegou na final da copa nacional, pela quarta vez em sua história, e teve pela frente o Bayern de Munique. Até a final da competição, Kai Havertz obteve números modestos: em 4 jogos, marcou 1 gol e concedeu 1 assistência. No jogo contra o FC Bayern, os bávaros demonstraram sua superioridade em campo e abriram 3 a 0 sobre o Leverkusen. O Werkself até diminuiu, mas Robert Lewandowski acabou com qualquer esperança de título para o Bayer ao marcar o 4° gol. Nos acréscimos da partida, o Leverkusen sofreu um pênalti. Kai Havertz foi para a cobrança e marcou seu 2° gol na DFB-Pokal da temporada 2019/20, o que não foi suficiente para evitar a derrota e a medalha somente de prata para o Bayer Leverkusen.

Pouco mais de 1 mês depois, o Bayer Leverkusen retomou sua campanha na Europa League, que foi paralisada por conta da pandemia do coronavírus. Após vencer o jogo de ida por 3 a 1, com um dos gols sendo marcado por Kai Havertz, o Leverkusen "reestreou" na competição europeia vencendo novamente no jogo de volta, para enfrentar a Internazionale nas quartas de final, em partida única. A Inter abriu o placar do jogo e, logo em seguida, marcou o segundo. Kai Havertz diminuiu o placar, marcando seu quarto gol no torneio continental. O Bayer 04 se esforçou e pressionou a Inter de Milão para empatar, mas quando o árbitro apitou o final do jogo, o Bayer Leverkusen se despediu da Europa League e Havertz se despediu do clube.

Watch Chelsea transfer target Kai Havertz dance past Inter as he scores in  probably his final Bayer Leverkusen game
Kai Havertz em ação durante sua última partida com a camisa do Bayer Leverkusen

Legado

No dia 4 de setembro de 2020, Kai Havertz assina contrato com o Chelsea e é anunciado pelo clube inglês. Havertz deixa o Bayer Leverkusen após 10 anos de muito sucesso, tanto nas categorias de base quanto entre os profissionais. Desde que estreou no time principal do Leverkusen, o jogador, que utilizou a camisa de número 29 durante seu ciclo na BayArena, realizou 150 jogos, marcou 46 gols e deu 31 assistências. Com o decorrer dos anos, Havertz atribuiu muitas técnicas dentro de campo e, realmente, se transformou em um jogador com uma versatilidade bastante considerável, atuando de meio-campista, meia-atacante, ponta-direita e, até, de falso 9. Seus recordes não se limitam somente ao clube, mas também à Bundesliga e, com certeza, é um jogador que, apesar de ter deixado Leverkusen com somente 21 anos, nunca será esquecido, não só pelos torcedores do Werkself, como também pelos amantes da Bundesliga. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.