Guia da Bundesliga 2020/21 - Eintracht Frankfurt

(Foto: Thomas Bachun / DeFodi Images via Getty Images)
A temporada 2020/21 da Bundesliga está prestes a começar. Por isso, a equipe do Fussball Brasil se reuniu para fazer um guia da temporada para você ficar por dentro das equipes que disputarão esta edição da primeira divisão do Campeonato Alemão. Aqui, falaremos sobre o Eintracht Frankfurt - clique para conferir o guia completo.

INFORMAÇÕES BÁSICAS

Participação: 52ª
Títulos do Campeonato Alemão: 1
Estádio: Deutsche Bank Park (51,500)
Cidade: Frankfurt am Main, Hesse
Apelidos: Die Adler (Águias), Die Launische Diva

COMO FOI A TEMPORADA 2019/20

Há cerca de nove anos estabilizado na primeira divisão alemã, o Eintracht Frankfurt terminou na 9º colocação da Bundesliga 2019/20, depois de resultados oscilantes do começo ao fim da competição. O clube vinha de uma grande temporada em 2018/19, que foi digna de semifinal de UEFA Europa League e de um digno sétimo lugar na Bundesliga, mas a equipe do treinador austríaco, Adi Hütter, encontrou muitas dificuldades no ano seguinte, o segundo do técnico à frente do comando das Águias.

A perda do "triângulo mágico", Sébastien Haller, Ante Rebić e Luka Jović foi evidentemente vista de forma negativa no desempenho ofensivo do Eintracht Frankfurt em 2019/20, que apesar de contar com nomes como André Silva, Gonçalo Paciência e Bas Dost, e em certo momentos eles terem dado conta do recado, via-se um time instável e ineficiente, ofensivamente e, também, defensivamente, diferente daquele time que encantou em cenário continental na época anterior.

Na Bundesliga 2019/20, o Eintracht Frankfurt fez uma partida muito significativa, quando goleou o FC Bayern por 5 a 1 em plena Commerzbank-Arena - atual Deutsche Bank Park - na 10ª rodada, contudo, logo a seguir veio o maior jejum do time na temporada, ficando por sete rodadas sem vitórias, sendo seis derrotas, diante de SC Freiburg , VfL Wolfsburg, FSV Mainz 05, Schalke 04, FC Köln e SC Paderborn, e o empate com o Hertha BSC no meio das partidas partidas. Depois da maré de jogos ruins, os comandados por Adi Hütter voltaram a vencer, e bateram o Hoffenheim, fora de casa, por 2 a 1 na 18ª rodada e na seguinte, venceu o RB Leipzig por 2 a 0, em casa.

Quando a equipe parecia que iria engrenar e, ter uma sequência de resultado positivos, empatou com o Fortuna Düsseldorf, goleou o Augsburg por 5 a 0, e foi goleada pelo Borussia Dortmund por 4 a 0 na 22ª rodada, na seguinte, perdeu para o Union Berlin por 2 a 1 e, assim, com resultados oscilantes, o desempenho do Frankfurt foi, até mesmo, após a paragem pela pandemia. Foi uma temporada muito abaixo como um todo, o time não conseguiu passar da sétima posição na tabela ao longo da época, dessa vez sequer conseguiu classificar-se para UEL, competição essa que as Águias foram eliminadas nas oitavas de final pelo Basel, da Suiça, depois de perder por 3 a 0 em casa e por 1 a 0, fora.

Depois de chegar na final duas vezes nas últimas quatro temporadas e ter se sagrado campeão em 2018/19 ainda sob o comando de Niko Kovać, o Eintracht Frankfurt foi eliminado na última edição da DFB-Pokal nas semifinais, depois de passar por Waldhoff Mannheim, St. Pauli, RB Leipzig e Werder Bremen, o time caiu diante do campeão, FC Bayern, perdendo por 2 a 1 na Allianz Arena.

QUEM CHEGOU E QUEM SAIU

Contratações: Steven Zuber (28 anos/Hoffenheim), Ragnar Ache (21 anos/Sparta Rotterdam) e André Silva (24 anos/Milan)

Retornos: Aymen Barkok (22 anos/Fortuna Düsseldorf), Simon Falette (28 anos/Fenerbahce), Tuta (20 anos/KV Kortrijk), Jetro Willems (26 anos/Newcastle) e Dejan Joveljic (21 anos/Anderlecht)

Saídas: Gonçalo Paciencia (26 anos/Schalke 04 - emprestado) Nils Stendera (19 anos/Lokomotive Leipzig - emprestado), Dejan Joveljic (21 anos/Wolfsberger - emprestado), Mijat Gacinovic (25 anos/Hoffenheim), Lucas Torró (26 anos/Osasuna), Rodrigo Zalazar (20 anos/St. Pauli - emprestado), Sahverdi Cetin (19 anos/Sem clube), Jonathan de Guzmán (32 anos/Sem clube), Patrick Finger (19 ano/Biebesheim), Gelson Fernandes (33 anos/aposentou) e Marco Russ (34 anos/aposentou).

DESTAQUE (FILIP KOSTIC)


Filip Kostić é, sem dúvidas, o jogador que faz o meio-campo do Frankfurt funcionar. O jogador internacional sérvio está no clube desde 2018 e, na última temporada, teve a difícil missão de carregar o piano nos momentos instáveis da equipe de Adi Hütter. Aos 28 anos, Kostić vive a melhor fase de sua carreira, sendo constantemente, convocado para a seleção sérvia e envergando a camisa 10 do Eintracht. Geralmente pelo lado esquerdo do campo, o sérvio busca bastante o combate 1x1 e é muito habilidoso, muitas vezes chegando em velocidade em direção a área, participando diretamente e frequentemente dos gols marcados pela Águias, para além de ser participativo defensivamente, embora defender não seja uma das suas principais valências. Na temporada 2019/20, Filip Kostić participou diretamente de 30 gols marcados pelo Frankfurt em todas as competições disputadas, foram 12 gols e 18 assistências do camisa 10. O fato é que o time das Águias se perdeu muitas vezes quando Kostić não esteve em campo ou, simplesmente, não esteve num bom dia.



FIQUE DE OLHO (DAICHI KAMADA)

Idade: 22 anos
Posição: Meio-Campista

O japonês Daichi Kamada foi um dos jogadores mais regulares do Eintracht Frankfurt na última temporada. Chegando por empréstimo do St. Truinden, da Bélgica, Kamada fez sua primeira temporada pelo Eintracht e foi importante em muitos momentos, principalmente, na disputa da UEFA Europa League, onde marcou seis gols e distribuiu duas assistências no torneio. A grande exibição do jogador no torneio europeu foi na vitória por 4 a 1 ante o RB Salzburg, da Áustria, na partida de idas dos 16 avos de final, com três gols marcados pelo camisa 15 na partida. Somando todas as competições, Kamada marcou 10 gols e perfez nove assistências. Habilidoso, dono de um passe apurado e uma boa visão de jogo, na próxima temporada, o jogador asiático estará mais habituado ao futebol alemão e tem tudo para ajudar ainda mais na engrenagem do meio-campo das Águias. O meio-campista inclusive, firmou, em definitivo, um novo vínculo, este válido até 2023. 

(Foto: Gerrit van Keulen / BSR Agency / Getty Images)
COMO JOGA E TIME BASE

Com dificuldades para conseguir resultados positivos, Adi Hütter buscou muitas variações táticas na reta final da Bundesliga 2019/20. O austríaco, geralmente, utiliza das formações 3-4-2-1 e 3-5-2, além do 3-4-2-1. Quando o Eintracht Frankfurt jogava com dois atacantes, as vagas costumavam alternar entre Bas Dost, Gonçalo Paciência e André Silva, o último contratado em definitivo pelo clube para a nova temporada, no valor de nove milhões de euros - numa transação que envolveu o croata Ante Rebić, que ficará no clube italiano AC Milan. Gonçalo Paciência foi emprestado para o Schalke 04, então podemos imaginar que a dupla Silva e Dost será vista muitas vezes ao longo da temporada, mas o jovem, Ragnar Ache, de 22 anos, que acabou de chegar do Sparta Rotterdam pode ser um dos nomes frequentes da zona ofensiva do time de Adi Hütter.

Na defesa, o argentino veterano e capitão, David Abraham, é um dos nomes titulares que compõe a linha de três defensores que, geralmente, também conta com Martin Hinteregger, o austríaco zagueiro artilheiro, que na temporada passada marcou nove gols. O japonês Makoto Hasebe, de 36 anos, segue na equipe desde 2014 e é um dos nomes do sistema defensivo, mas atualmente cede sua vaga entre os titulares para o jovem Evan N'Dicka. O Frankfurt ainda conta o jovem brasileiro Tuta, de 20 anos, que integrará o time nesta temporada depois de ter sido emprestado ao futebol belga. Pelo flanco direito, Danny da Costa é um jogador que costuma subir bem e defender na mesma intensidade, sendo bastante utilizado por Adi nos últimos jogo das Águias e, por ali, Timothy Chandler é o reserva imediato. Dominik Kohr, Djibril Sow, Stefan Ilsanker, Sebastian Rode e Aymen Barkok são os jogadores que farão rodízio nas duas vagas de meias centras/volantes. Pelo flanco esquerdo, Kostić domina e, Steven Zuber chega para agregar por ali. O goleiro Kevin Trapp vem de boas exibições nos últimos meses, até mesmo quando foi titular da Alemanha diante da Espanha, pela UEFA Nations League, e é um dos pilares desse time.

3-4-1-2: Kevin Trapp; David Abraham, Martin Hinteregger e Evan N'Dicka; Danny da Costa, Dominik Kohr, Sebastian Rode, Filip Kostic; Daichi Kamada; André Silva e Bas Dost.



PALPITES

Jonathan Gonçalves (Fussball BR): O Eintracht Frankfurt lutará do meio da tabela pra cima, buscando uma vaga na UEFA Europa League. Embora seja um bom time, ainda sofre de algumas limitações técnicas e deve ter dificuldades ao longo da nova temporada. Adi Hütter vai precisar achar um time base.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.