Dr. Tim Meyer explica os protocolos da Bundesliga

O Dr. Tim Meyer, um dos líderes da força tarefa da Bundesliga para a volta aos gramados em segurança, explicou os protocolos e métodos usados para que os envolvidos nas partidas estejam com o máximo de segurança possível.
O plano para a volta do futebol
Nosso conceito foi pensado no futebol profissional e se baseia em três pilares. O primeiro é o monitoramento das doenças infecciosas, que é o caso do COVID-19. Todas as doenças são registradas são monitoradas durante todo o campeonato. O segundo pilar é ser rígido no controle de higiene e manter o distanciamento social nos treinos e partidas ao máximo. O terceiro pilar são os testes constantes e repetitivos. Todas essas medidas são essenciais para diminuir ao máximo o risco dos envolvidos.
Quarentena dos jogadores
Os jogadores fizeram uma quarentena de uma semana antes da volta ao jogos. Essa medida é para garantir que não terão pessoas contaminadas nos locais da partida pois estarão em contato pessoas de diferentes lugares. Os jogadores de cada time já possuem um contato mínimo, mas será o primeiro contato entre times, é importante toda precaução e por isso foi feita essa quarentena preventiva de uma semana.
Medidas para os treinamentos
Não há medidas específicas para os treinamentos dos clubes. Durante os treinos, a única restrição é que cada jogador traga sua garrafa de água de casa e não a compartilhem com os outros. Nos vestiários, é recomendado que haja espaço para manter o distanciamento e que se tome banho em pequenos grupos. Tudo é desinfetado e os jogadores precisam ir aos treinos nos próprios carros e sem companhia de outros. A maioria das medidas é fora do campo de treino.
Teste dos jogadores
Os jogadores e membros da comissão técnica são testados duas vezes na semana até o fim da temporada. Os testes são por meio da garganta ou nariz e precisam dar negativos nos dois para que o atleta possa treinar e jogar. Antes do começo dos treinos, os atletas foram testados para que pudessem ficar aptos a voltar. Além disso, testamos os familiares que moram com os jogadores e precisam, por algum motivo, como ir ao mercado, sair de casa e podem ter algum risco de contágio.
Testes positivos
Quando um jogador testa positivo, as autoridades são imediatamente notificadas. A partir daí, é uma questão gerida pelo governo alemão e eles decidem o que deve ser feito. Basicamente, quando alguém testa positivo, essa pessoa é isolada e feito uma pesquisa para saber quem teve contato com ela. Quem teve contato é classificado como alto ou baixo risco de contágio e então as autoridades podem tomar uma decisão sobre essas pessoas.
Distanciamento nos estádios
Nos estádios teremos três zonas. Uma somente para jogadores e membros da comissão técnica. Outro é para a transmissão televisiva e segurança. A terceira zona é para todos as outras funções essenciais ao jogo. Há uma separação rigorosa entre as zonas para que não haja contaminação de uma zona para a outra.
Acesso aos estádios
Antes de acessar os estádios os jogadores são testados pelo médico do clube caso tenham algum dos sintomas de COVID-19. Isso é feito antes da ida para o estádio, assim, o local se mantém sem contaminação. Dentro do estádio e nos vestiários é obrigatório manter o distanciamento social entre os jogadores e os membros técnicos e outras pessoas que estejam no estádio. Os vestiários precisam ter tamanho suficiente para que haja distanciamento de 1,5m a 2 metros. Na entrada em campo, todos se afastam para que passem os jogadores e se mantenha o distanciamento.
Viagem das equipes
Durante as viagens os jogadores e membros dos clubes são avisados para que mantenham a distância social durante toda o percurso. Isso serve para que em caso de teste positivo de alguém, menos pessoas precisem ser avaliadas por ter tido contato com o contaminado. De acordo com a avaliação deste tipo de contato que são definidos os riscos entre alto e baixo para quem esteve com um contaminado.
Jornalistas
O número de jornalistas no estádio será reduzido. Obviamente, nas entrevistas precisará ser mantido o distanciamento ou até atrás de uma proteção de vidro entre o jornalista e o entrevistado.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.