Arminia Bielefeld em busca do regresso à elite

A equipe da Renânia do Norte-Vestfália lidera parcialmente a 2. Bundesliga e pode conquistar uma vaga na elite do futebol alemão depois de 11 anos

DSC Arminia Bielefeld (Foto/Reprodução: Arminia Bielefeld)

Desde que foi rebaixado na última posição da Bundesliga na temporada 2008/09 com apenas 28 pontos conquistados, o DSC Arminia Bielefeld jamais conseguiu voltar a figurar na elite do futebol alemão. A equipe da região da Renânia do Norte-Vestfália foi até mesmo rebaixada à terceira divisão na temporada 2010/11 e, depois de regressar ao segundo escalão em 2013/14, caiu de novo e só voltou em 2015/16 após conquistar o título da 3. Liga.

Sob o comando de Uwe Neuhaus desde o fim de 2018, após a direção do clube demitir Jeff Saibener no meio da temporada - que havia ficado na quarta colocação na temporada anterior -, a equipe terminou na sétima posição da 2. Bundesliga 2018/19. Desde então, Uwe vem aproveitando seu período à frente do comando técnico do clube para tentar extrair o melhor de seus jogadores. Sendo assim, o treinador de 60 anos utiliza alguns esquemas táticos: 4-4-2, 4-4-1-1 e 4-2-3-1, mas o seu clássico e pragmático esquema de 4-3-3 - variando entre ofensivo e defensivo - é o mais recorrente, mostrando flexibilidade tática e simplificação de jogadas e transições.

O treinador Uwe Neuhaus (Foto/Reprodução: Arminia Bielefeld)
Na temporada 2019/20, o Arminia vem surpreendendo muitos ao estar na ponta da tabela e deixando para trás, momentaneamente, nomes mais tradicionais como VfB Stuttgart e Hamburgo SV. Atualmente com 51 pontos em 25 jogos, os Die Arminen estão 10 pontos na frente do 1. F.C Heidenheim, que se encontra na quarta colocação. Uma distância considerável que reflete o bom desempenho, mostrando claramente que a equipe tem plenas chances de conseguir voltar à elite. 

Fabian Klos e Andreas Voglsammer, a dupla dinâmica (Foto/Reprodução: Arminia Bielefeld) 
O capitão Fabian Klos está na equipe desde meados de 2011 e, além de é um ídolo para os torcedores, é um dos grandes nomes da temporada. O camisa nove já marcou 16 gols na atual edição da Zweite Liga - artilheiro da competição - além de ter distribuído oito assistências. Aos 32 anos é um grande finalizador e um exímio cobrador de pênaltis - já tendo convertido três nesta temporada. Outros dois nomes que chamam atenção no setor ofensivo são: Andreas Voglsammer e Marcel Hartel. O primeiro já tem dez gols marcados e cinco assistências, sendo acionado muitas vezes pela ala direita e ajudando nas transições naquele setor do campo, mas acabou por sofrer uma séria lesão no metatarso do pé esquerdo na partida contra o Erzgebirge Aue e encontra-se no período final de sua recuperação. Hartel é o lider de assistências da segunda divisão com nove distribuídas, o jogador chegou junto ao 1. FC Union Berlin por 250 mil euros e tem mostrado que foi um bom investimento com sua boa visão de jogo. 

Fabian Klos sobe diante da zaga do Hannover 96 para marcar (Foto/Reprodução: Arminia Bielefeld)
Líder, mas não só isso. Há sete rodadas consecutivas sem serem derrotados, os Die Blauen têm o melhor ataque da segunda divisão com 50 gols marcados e, também, tem a melhor defesa com apenas 24 gols sofridos. Isso mostra que os defensores titulares Joakim Nilsson e Amos Pieper vem fazendo bom trabalho e passando segurança para a meta do importante arqueiro Stefan Ortega. Um dos trunfos do clube, a Schüco Arena tem sido uma fortaleza para a equipe, que não perde lá pela liga desde o fim de setembro de 2019, quando fora derrotada por 1 a 0 pelo Stuttgart, na oitava rodada. Em outubro, o clube perdeu por 3 a 2 para o Schalke 04, em partida válida pela segunda rodada da DFB-Pokal.

Torcida do Arminia faz belo mosaico na Schüco Arena (Foto/Reprodução: Arminia Bielefeld)

O fato é que não sabemos como o desempenho do time será depois da paralisação ocorrida devido o surto de Coronavírus e suas consequências. Inevitavelmente, todos os jogadores perderam certo entrosamento, assim como condicionamento físico e parte do foco. No próximo domingo (17), o Arminia recebe o rival VfL Osnabrück (12) no segundo dia de jogos na volta da 2. Bundesliga, mas como definido pelo Governo Alemão, DFB e DFL, a Schüco Arena - a exemplo dos estádios de toda Alemanha - estará vazia, portanto, sem os apoiadores Die Blauen. Uwe Neuhaus, Fabian Klos e os demais jogadores precisarão seguir em sintonia para alcançar o acesso ou, até mesmo, o título da divisão. Futebol a equipe demonstrou ter, mas agora, num momento turbulento mundialmente e sem sua torcida por perto, precisará mostrar pura consistência e perseverança para chegar ao objetivo. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.