Marco Reus: o jogador chave na nova fase da seleção alemã

Aos 30 anos, o capitão do Borussia Dortmund é um dos jogadores mais veteranos da atual seleção da Alemanha

Marco Reus comemora na vitória diante da Estônia, pelas Eliminatórias da Euro 2020, em Mainz (Foto: Reprodução/DFB Team)

Quando falamos de Marco Reus, por bem ou mal, muitas das vezes nos vem à mente o fato do alemão ter se lesionado por diversas vezes em sua carreira. Em algumas ocasiões, comentários ditos soam como se o jogador tivesse sido uma decepção ou farsa, ofuscando tudo àquilo que Marco já fez pelos campos da Alemanha e da Europa afora.

Atualmente exercendo a função de capitão e principal jogador do Borussia Dortmund, Marco vem obtendo bons feitos e números quando está em campo, ajudando diretamente com gols e assistências, e digamos que indiretamente na formação dos jovens jogadores que já atuam pelo profissional do clube Auri-Negro. Contudo, nota-se a importância e a diferença que Marco pode fazer dentro de campo e no ambiente no qual estar.

Marco Reus e Joachim Löw na Copa do Mundo de 2018 (Foto: Getty images)
Marco Reus já pode se considerar um velho conhecido do treinador da seleção alemã Joachim Löw, pois estreou pela Die Mannschaft em 2011, aos 22 anos, entrando nos minutos finais de uma partida das Eliminatórias da Eurocopa 2012 diante da Turquia, competição que posteriormente à classificação viria a disputar, sendo realizada na Ucrânia e Polônia. Mas o fato é que, Reus em oito anos de seleção nunca se mostrou tão consistente como nos dias atuais, e isso claramente também tem a ver com o fato do jogador estar conseguindo se manter saudável com mais regularidade.

Ficando de fora de competições como a Copa do Mundo de 2014Eurocopa 2016 e Copa das Confederações 2017, todas por lesão, Reus passou por momentos difíceis ao longo de sua jornada por sua nação e, até mesmo, pelo do BVB como bem sabemos. Reus foi convocado para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, sem sequer participar de uma única partida das Eliminatórias, num período de cerca de um ano entre 2016 e 2017, mas Löw sempre deixou claro em suas entrevistas que se o jogador estivesse apto, seria chamado, e assim foi feito demonstrando a confiança do treinador alemão no jogador.

Copa do Mundo de 2018 

Convocado para a Copa, Marco estava motivado para o seu primeiro mundial. Começou no banco na estréia da Alemanha no torneio, entrou e atuou por trinta minutos na derrota por 1 a 0 ante ao México, mas incendiou a partida quando foi acionado a campo, dando mais criatividade e poder ofensivo aos germânicos. O bom desempenho do Reus fez que logo a seguir Löw o utiliza-se como titular na partida contra a Suécia, e o jogador respondeu com um gol e uma assistência na vitória heroica por 2 a 1. Contudo, a Alemanha vivia problemas internos naquela Copa e, sem dúvidas, isso afetou o vestiário e o desempenho em campo, e como consequência dias depois viria a eliminação por 2 a 0 para a Coréia do Sul. Mesmo assim o bom desempenho individual de Reus não passou despercebido e no início do ano de 2019, o jogador recebeu o prêmio de melhor jogador da seleção alemã em 2018.

Marco Reus ao receber a premiação de melhor jogador da seleção alemã de 2018 (Foto: Reprodução/DFB Team)

Nova Era 

O treinador Joachim Löw, após renovar seu mandato à frente da seleção alemã, comunicou que não contaria com três grandes jogadores, que inclusive foram campeões do mundo ao lado dele, são eles: Mats Hummels, Jérôme Boateng e Thomas Müller, jogadores que seriam essenciais no desenvolvimento de novos nomes na seleção nacional da Alemanha. Com essa decisão do "Bundestrainer", jogadores como Reus, Manuel Neuer, Toni Kroos e ílkay Gündogan, tem a função de ajudar na integração e adaptação dos mais jovens na seleção.

Reus é um jogador polivalente que pode atuar aberto nas duas pontas do campo, também como meia-armador, "falso nove" e atacante. Além disso, sabe se posicionar muito bem entre linhas, se poupando de corridas sem rumos e acumulo de fadiga. Tem bom passe junto com uma apurada visão e sabe cobrar faltas como mostrou recentemente na vitória diante da Estônia. Vem se mostrando o principal jogador da Alemanha nas Eliminatórias da Euro 2020, após vir de boníssima temporada pelo Dortmund, é o jogador modelo para a nova geração. Nas eliminatórias já marcou três gols e concedeu uma assistência, e a assistência foi logo quando entrou em campo nos minutos finais contra a Holanda, dando o passe para o seu novo companheiro de clube, Nico Schulz, marcar e concretizar a vitória por 3 a 2. Reus marcou um gol diante da Bielorrússia na vitória por 2 a 0 e também marcou duas vezes na goleada frente a Estônia por 8 a 0. Abaixo você pode ver um vídeo do jogador exibindo toda sua qualidade em Slow Motion na vitória contra a Bielorrússia.




Ao todo são 13 gols e oito assistências de Marco Reus em 41 jogos pela Alemanha. Juntando todos fatores citados e analisando o atual momento, fica claro e evidente que ele é o jogador chave na nova era da seleção alemã. Entretanto, o jogador precisa se manter em bom ritmo e torcer para que nenhuma lesão volte a atrapalhar seu desenvolvimento novamente. Um jogador tão brilhante e diferente merece mais glórias daqui pra frente.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.