"Três Nações. Um gol": Alemanha lança candidatura junto a Holanda e Bélgica para sediar a Copa do Mundo Feminina de 2027

Anfitriã em 2011, Alemanha pretende sediar novamente a Copa do Mundo Feminina

Divulgação

A Federação Alemã de Futebol (DFB) anunciou candidatura junto as Federações de Futebol de Holanda (KNVB) e Bélgica (RBFA) para sediar a Copa do Mundo Feminina de 2027. A ideia partiu dos holandeses, que nunca sediaram uma Copa, seja masculina ou feminina e, desde 2018, manifestam o desejo de sediar o torneio feminino em 2027. A Alemanha, por sua vez, já foi o país anfitrião do torneio mais importante de seleções em três oportunidades, em 1974 e 2006 (masculino) e 2011 (feminino). 


"O futebol feminino é tradicionalmente conhecido por seu forte senso de comunidade, em que todos os envolvidos estão de olho no panorama geral, que é desenvolver ainda mais o esporte, dentro e fora do campo. O fato de estarmos fazendo esse projeto juntos, como três competidores no futebol, e também bons vizinhos, se encaixa muito bem nessa filosofia. O futebol feminino em nossos países está, de fato, em diferentes fases de desenvolvimento, mas compartilhamos a aspiração de dar um impulso ao esporte nacional e globalmente com a organização desta Copa do Mundo".


Silvia Neid, ex-técnica e jogadora da Seleção Alemã Feminina, Femke Maes (Bélgica) e Sarina Wiegman (Holanda) foram as lendas escolhidas para serem os rostos da campanha "Três Nações. Um gol". 

Ainda não há uma definição de quando será decidido qual (ou quais) país (países) receberá (receberão) a Copa. Caso a candidatura tripla dos alemães, holandeses e belgas vença, será a primeira vez que a Bélgica receberá um grande evento de seleções.


"Estamos muito satisfeitos em seguir os desejos de nossos amigos holandeses e faremos tudo o que pudermos por este projeto. Sabemos o quão grandes são os obstáculos. No entanto, a nossa experiência organizacional, a força da nossa nova DFB e a perspectiva de cooperação internacional permitem-nos olhar com otimismo", disse o presidente da Federação Alemã, Fritz Keller.


Vale lembrar que, em 2024, a Alemanha vai sediar a Eurocopa (masculina). Para Keller, sediar a Copa do Mundo Feminina apenas três anos após ser o país anfitrião da Euro seria "mais um ponto alto na história do futebol alemão".


Até o final do ano, as Federações devem concluir os últimos detalhes do projeto e, em seguida, começar as conversas com as autoridades para definir as cidades sedes e locais de treinamento.


SIGA O FUSSBALL BRASIL NO TWITTER E NO INSTAGRAM E FIQUE SEMPRE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO FUTEBOL ALEMÃO MASCULINO E FEMININO

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.