Guia da Frauen-Bundesliga 2020/21


Após uma temporada 2019/20 encerrada com o vice-campeonato da UEFA Women's Champions League pelo Wolfsburg, a Frauen-Bundesliga retorna com excelentes perspectivas, na disputa por títulos, vagas na UWCL e na luta contra o rebaixamento. Por isso, preparamos este guia para você ficar por dentro da competição! 
BAYER LEVERKUSEN

As aspirinas terminaram a última temporada empatadas em pontos com o Colônia, que veio a ser rebaixado. A equipe do experiente treinador Achim Feifel até surpreendeu ao vencer o Bayern de Munique na terceira rodada, mas oscilou entre bons e maus momentos, conseguindo apenas cinco vitórias nos 22 jogos da liga. O time fez contratações interessantes, mas também perdeu jogadoras importantes em seu elenco.

Participação: 10ª
Melhor Colocação: 7º em 2013/14
Estádio: Ulrich-Haberland-Stadion (3 200)
Jogadora destaque: Milena Nikolic
Perspectiva: Apesar dos reforços, a equipe deve lutar entre o pelotão intermediário e o que luta contra o rebaixamento
Posição esperada: 

Time base: Klink; Winken, Brügemann, Wirtz, Jessen; Csiszár, Matysik, Marti, Zeller; Rudelic e Nikolic


BAYERN DE MUNIQUE

Depois de um início turbulento, o Bayern ganhou a cara de Jens Scheuer, que mostrou bons avanços na reta final da última temporada. Com uma filosofia implantada, novas e dispostas jogadoras, o time da Baviera mostra que não veio para brincadeira, sobretudo em seu setor ofensivo. 

Participação
: 20ª
Melhor Colocação: 1º em 2014/15 e 2015/16
Estádio: FC Bayern Campus (2 500)
Jogadora destaque: Linda Dallmann
Perspectiva: Luta por título. Reforços, um bom treinador... é a equipe que fará frente ao atual tetracampeão, Wolfsburg
Posição esperada: 2º

Time base: Benkarth; Glas, Hegering, Wenninger, Simon; Magull, Zadrazil, Gwinn, Beeresteyn, Dallmann; Schüller


DUISBURG

Mesmo com o tradicionalismo do FCR Duisburg, desde a união com o MSV Duisburg, os resultados são bem abaixo do esperado, com a equipe sempre se mantendo na luta contra o rebaixamento. O elenco apesar de limitado em números, tem algumas jogadoras com bons potenciais a serem observados.

Participação: 23ª
Melhor Colocação: 1º em 1999/00
Estádio: PCC-Stadion (3 000)
Jogadora destaque: Yvonne Zielinski
Perspectiva: Luta contra o rebaixamento
Posição esperada: 11°

Time base: Kämper; Moore, Debitzki, Fürst, Himmingoffen; Angerer, Morina, Zielinski, Lange, Radtke; Halverkamps



EINTRACHT FRANKFURT

Em sua primeira temporada como Eintracht Frankfurt (era FFC Frankfurt), o time de Niko Arnautis tem boas ambições para a "estreia" na Frauen-Bundesliga. Com reforços de nome, o time busca retomar seus tempos áureos de títulos e de força dentro da competição.

Participação: 24ª 
Melhor Colocação: 1º em 1998/99, 2000/01, 2001/02, 2002/03, 2004/05, 2006/07 e 2007/08 (7 titulos)
Estádio: Stadion am Brentanobad (5 650)
Jogadora destaque: Laura Freigang
Perspectiva: Luta por vaga na próxima UWCL (lembrando que três equipes alemãs irão se qualificar a partir da temporada 2021/22)
Posição esperada: 3º

Time base: Frohms; Hechler, Kirchberger, Kleinherne/Störzel, Aschauer; Dunst, Pawollek, Feiersinger; Reuteler, Prasnikar, Freigang


FREIBURG

Em sua segunda temporada no comando da equipe da Floresta Negra, Daniel Kraus teve algumas perdas importantes no elenco, mas com reposições interessantes, pode montar uma equipe competitiva para a temporada, tentando recolocar o time numa posição na parte de cima da tabela.

Participação: 20ª
Melhor Colocação: 3º em 2017/18
Estádio: Möslestadion (5 400)
Jogadora destaque: Sandra Starke 
Perspectiva: Meio de tabela, sem lutar por UWCL ou rebaixamento
Posição esperada: 7°

Time base: Herzog; Wensing, Stegemann, Hegenauer, Karl; Minge, Mégroz, Knaak; Buser Kayicki, Starke


HOFFENHEIM

Grata surpresa da última temporada, o Hoffenheim segue com um projeto interessante visando uma vaga na UWCL. Sem grandes perdas no elenco, buscam repetir a coesão da temporada passada, agora sem evitar tropeços que custaram o vice-campeonato.

Participação: 8ª
Melhor Colocação: 3º em 2019/20
Estádio: Dietmar-Hopp-Stadion (6 350)
Jogadora destaque: Nicole Billa
Perspectiva: Lutará para ficar entre os seis primeiros, quem sabe buscando UWCL
Posição esperada: 4°

Time base: Leitzig; Linder, Bühler, Specht, Nascheweng; Hartig, Lattwein, Hagel; Rall, Wassmuth e Billa


MEPPEN

Recém promovido e estreante na Frauen-Bundesliga, a equipe do Meppen terá a difícil missão de permanecer na elite do futebol alemão em sua primeira temporada. Com algumas adições, o time manteve a base do time que conseguiu o acesso.

Participação: 1ª
Melhor Colocação: -
Estádio: Hänsch-Arena (13 696)
Jogadora destaque: Agnieska Winczo
Perspectiva: Luta contra o rebaixamento
Posição esperada: 12°

Time base: Närdemann; Gismann, Fullenkamp, Ihlenburg, Weiss; Berentzen, Schulte, Ishikawa, Becker; Winczo e Voitane


SC SAND

Duas vezes finalista da DFB-Pokal Frauen, o time do SC Sand chega a mais uma temporada na elite, a sétima consecutiva. Com alguns reforços e mantendo boa base do time, provavelmente farão mais uma temporada tranquila na elite. Nora Häuptle é a nova treinadora, com experiência nas categorias de base da seleção da Suíça, terá um desafio bem interessante pela frente.

Participação: 7ª
Melhor Colocação: 7º em 2017/18
Estádio: Orsay-Stadion (2 000)
Jogadora destaque: Dina Blagojevic
Perspectiva: Meio de tabela, sem grandes pretensões
Posição esperada:

Time base: Weimar; Brandenburg, Moorrees, Caldwell, Fiebig; Schaber, Van Bonn, Prohaska, Pinther, Blagojevic; Hoppius


SGS ESSEN

Provavelmente o Essen foi o time que mais sofreu com as saídas ao final da última temporada. A equipe comandada por Markus Högner, um especialista em trabalhar com jogadoras jovens, terá bons desafios e novas jogadoras que podem alcançar seus potenciais máximos, a exemplo de Lea Schüller ou Lena Oberdorf, ambas potencializadas por ele e que já foram buscar novos ares em Munique e Wolfsburg, respectivamente.

Participação: 17ª
Melhor Colocação: 4º em 2018/19
Estádio: Stadion Essen (20 650)
Jogadora destaque: Manjou Wilde
Perspectiva: Meio da tabela, sobrevivendo tranquilamente e sem grandes pretensões
Posição esperada:

Time baseJohannes; Klasen, Feldkamp, Räcke, Ostermeier; Wilde, Brecht, Senss; Anyomi, Baijings e Markou


TURBINE POTSDAM

O tradicional Turbine Potsdam terá um novo treinador: Sofian Chahed, que terá sua primeira experiência com o futebol feminino. Ex-jogador de Hannover e Hertha, estava na equipe sub-16 do clube da capital alemã e por conta da cooperação entre as equipes, terá esse novo desafio com uma equipe bem equilibrada e que perdeu sua referência, Lara Prasnikar. 

Participação: 24ª
Melhor Colocação: 1º em 2003/04, 2005/06, 2008/09, 2009/10, 2010/11 e 2011/12 (6 títulos)
Estádio: Karl-Liebknecht-Stadion (Karl-Liebknecht-Stadion)
Jogadora destaque: Nina Ehegotz
Perspectiva: Meio de tabela, sobrevivendo tranquilamente e sem grandes pretensões
Posição esperada: 5°

Time base: Mersnik; Agrez, Mesjasz, Elsig; Graf, Gasper, Chiemlinski, Höbinger; Uebach, Ehegotz, Cerci (3-4-3)


WERDER BREMEN

Retornando para elite após uma temporada, o Werder Bremen terá novamente como missão se manter na divisão. Para não repetir erros do passado, trouxe jogadoras importantes e também manteve alguns nomes em seu elenco. 

Participação: 4ª
Melhor Colocação: 10º em 2017/18
Estádio: Weserstadion Platz 11 (5 500)
Jogadora destaque: Stephanie Gooddard
Perspectiva: Luta contra o rebaixamento
Posição esperada: 10°

Time base: Borbe; Hausdorff, Ulbrich, Scholz, Toth; Wichmann, Gidion, Hausicke, Lühren; Goddard, Tarczynska


WOLFSBURG

Sem Pernille Harder, negociada junto ao Chelsea, o Wolfsburg lutará por mais um título nacional. Com reforços pontuais, Stephan Lerch fará sua última temporada treinando o clube e deseja mais uma vez obter sucesso a nível nacional e também continental.

Participação: 17ª
Melhor Colocação: 1º em 2012/13, 2013/14, 2016/17, 2017/18, 2018/19 e 2019/20 (6 títulos)
Estádio: AOK Stadion (5 200)
Jogadora destaque: Ewa Pajor
Perspectiva: Título, algo fora disso, seria inimaginável
Posição esperada:

Time base: Kiedrzynek; Hendrich, Doorsoun, Goessling, Janssen; Engen, Popp, Huth, Rolfö; Pajor, Bremer


A temporada começa nesta sexta-feira, 4. Wolfsburg e SGS Essen fazem o jogo de abertura do campeonato. A bola rola às 14h15 de Brasília no AOK Stadion, casa das Lobas. 

Os demais jogos da 1ª rodada Frauen-Bundesliga 2020/21 acontecerão no domingo, 6, às 09h00 de Brasília - a tabela completa você pode conferir clicando aqui.

Freiburg x Bayer Leverkusen
Eintracht Frankfurt x Werder Bremen
Duisburg x Meppen
Turbine Potsdam x Hoffenheim
Bayern de Munique x SC Sand

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.