Saarbrücken, Türkgücü München, Lübeck e Verl: Conheça os promovidos à 3. Liga

Saarbrücken, Türkgücü, Lübeck e Verl jogarão a terceira divisão em 2020/21
Com a pandemia, as Regionalligas, divisões regionais que compõem a quarta divisão do futebol alemão, foram em sua maioria canceladas mas ainda assim premiaram suas melhores equipes com o acesso à terceira divisão. Se alguns clubes desistiram do acesso devido a crise financeira, outros herdaram as vagas e jogarão a 3. Liga na temporada 2020/21. Neste texto abordaremos os times promovidos.

1. FC Saarbrücken




A tradicional equipe do Sarre fez uma grande temporada e o acesso premiou o bom trabalho feito ao longo dos últimos anos. Ainda na temporada 2017/18, o Saarbrücken já havia batido na trave quando perdeu o acesso nos playoffs para o 1860 München. Sem dar chance pro azar, o FC fez uma campanha dominante na Regionalliga Südwest, terminando na liderança na altura do cancelamento da competição. Melhor mandante, o Saarbrücken ficou 6 pontos a frente do segundo colocado. No entanto, o grande destaque ficou para a campanha na DFB-Pokal. A equipe fez história e eliminou Jahn Regensburg e Karlsruher da 2. Bundesliga e Köln e Fortuna Düsseldorf da Bundesliga, chegando até as semifinais onde foram eliminados apenas pelo Bayer Leverkusen. A campanha copeira do Die Molschder foi a melhor de um clube da quarta divisão na história da Copa da Alemanha e valorizou nomes como o de Daniel Batz, goleiro da equipe e que fez partidas heroicas ao longo da campanha.


Türkgücü München



Tradicionalmente, os representantes de Munique nas principais divisões foram Bayern e 1860 ao longo dos anos. Expandindo para a região metropolitana de Munique, ainda temos o Unterhaching, que habita as divisões inferiores e fez uma rápida aparição na Bundesliga no começo do século. Agora entra em cena o Türkgücü München, clube da comunidade turca da capital da Baviera. Com um investimento interessante por trás, o modesto clube tenta enfim dar sucesso ao projeto que já vem desde a década de 70. Fruto de uma fusão de alguns clubes também da comunidade turca, o Türkgücü já acumula dois acessos seguidos. Campeão da Bayernliga Süd, quinta divisão, logo em sua primeira temporada na Regionalliga Bayern a equipe conseguiu o título com certa facilidade. Para a temporada 2020/21 da 3. Liga, os turcos tiveram um dilema: definir estádios para jogar como mandante. Com o Grünwalder Stadion já cedido a 1860 e Bayern II, o clube teve de escolher um segundo local como alternativa devido ao limite de jogos. 12 partidas serão no Grünwalder e outras sete precisam ser em outro local. O Estádio Olímpico de Munique, que apesar de especulado foi descartado, forçou a agremiação a recorrer ao estádio do Würzburger Kickers, 270 km distante. Apesar das dificuldades, com o aporte financeiro que o Türkgücü possui é bom prestar atenção em sua rápida ascensão.

VfB Lübeck



De história modesta, o VfB Lübeck é um dos representantes de Schleswig-Holstein, norte da Alemanha, que tem o Holstein Kiel como principal equipe atualmente. Líder da Regionalliga Nord, a equipe superou o Wolfsburg II, que ficou com a vice-liderança. O acesso do Lübeck à 3. Liga é mais um dos lampejos do clube, que historicamente alternou entre terceiro, quarto e até quinto nível do futebol alemão, com raras aparições na segunda divisão. A grande façanha na história do clube verde foi sem dúvidas atingir as semifinais da DFB-Pokal em 2003/04, quando foram parados pelo Werder Bremen apenas na prorrogação.

SC Verl




O SC Verl foi o clube que mais sofreu para conquistar o acesso à terceirona. Vice-líder da Regionalliga West, o Verl ganhou o direito de disputar os playoffs de acesso contra o Lok Leipzig graças a desistência do primeiro colocado Rondinghausen. Em dois jogos equilibrados, a equipe conquistou o acesso graças ao gol qualificado após o empate persistir nas duas partidas. Sediado em uma cidade de cerca de 26 mil habitantes, o Verl não possui nem mesmo um estádio apropriado para disputar as partidas e por isso terá de mandar seus jogos na Benteler-Arena, em Paderborn. Marcado pelo amadorismo, os Schwarz-Weiss não disputam o nível profissional do futebol alemão há 17 anos. Outros grandes momentos na temporada dos sonhos da equipe, foram as vitórias na Copa da Alemanha sobre Augsburg e Holstein Kiel, de Bundesliga e 2. Bundesliga respectivamente.




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.