A fábrica de talentos do Borussia Dortmund na Bundesliga

Jadon Sancho (c.) and Erling Haaland (r.) have enhanced Borussia Dortmund's reputation as the destination of choice for young players

Jadon Sancho
 e Erling Haaland são dois jovens que estão entre os mais cobiçados do futebol mundial. Em comum, as grandes atuações pelo Borussia Dortmund na Bundesliga. Com um futebol envolvente e estrutura de primeira categoria para desenvolver grandes talentos, o Borussia virou o destino preferido das futuras estrelas.

Oito vezes campeão alemão, o clube conta com uma equipe de olheiros sempre pronta para escolher os melhores potenciais e levá-los para a Alemanha. Foi assim com Jadon Sancho, que atuava nas categorias de base do Manchester City.

Após grande destaque entre os jovens do City, o clube quis assinar o contrato profissional com Sancho aos 17 anos, mas com a concorrência de grandes nomes na posição, ele escolheu o Borussia Dortmund para começar a carreira.

"Existem poucos clubes na Europa que dá tanta ênfase no trabalho de jovens. Foi uma escolha maravilhosa que tive", afirmou o inglês.

Quando foi contratado, Sancho recebeu de cara a camisa 7 das mãos de Michael Zorc, diretor esportivo do clube. Logo na apresentação, o clube deixou claro as intenções com Sancho: chegar para ser titular.

"Estamos maravilhados de ter o Sancho, um dos maiores talentos do futebol europeu, querendo jogar pelo nosso clube", disse Zorc na época.

Com a camisa 7 que pertencia a Ousmane Dembélé, que saiu do clube em uma das 10 maiores transferências do futebol mundial, rumo ao Barcelona. Para Sancho, a escolha deu mais confiança.

"Não pesou em nada para mim, não senti pressão, pelo contrário, foi uma grande motivação chegar vestindo uma camisa tão importante", afirmou Sancho.

A estreia do jovem inglês foi no empate em 2 a 2 com o Eintracht Frankfurt, entrando no final da partida. Dois jogos depois, ele conheceu a famosa Muralha Amarela, quando 81 mil pessoas lotaram o Signal Iduna Park para o clássico contra o Bayern de Munique. Apesar da derrota, Sancho teve boa atuação.

Na primeira temporada, em 17/18, ele atuou em 12 jogos, sendo sete como titular. Neste tempo ele pode mostrar o que estava por vir na vitória sobre o Bayer Leverkusen, onde fez um gol e deu duas assistências.

Quem também vem fazendo muito sucesso em Dortmund é o atacante Erling Haaland. Após uma chega avassaladora, com muitos gols e excelente futebol, ele vem sendo um dos destaques da equipe ao lado de Sancho. Haaland se destacou no RB Salzburg durante a fase de grupos da Champions League e passou a ser cobiçado pelos grandes europeus.

Mas a fama de desenvolver jovens e levá-los ao estrelado pesou para o Borussia ficar com o artilheiro. Quando fechou o contrato, o norueguês falou que seria uma boa combinação dele com o Dortmund. Após 13 gols nos primeiros 15 jogos, a previsão parece bem acertada.

Para manter a tradição de desenvolver os jovens como ninguém, o Borussia está investindo 20 milhões de euros nas categorias de base para expandir a estrutura atual e modernizar o clube. O Diretor das Categorias de Base, Lars Ricken, explicou a posição do clube.

"Competimos contra os maiores da Europa e precisamos estar preparados. Principalmente neste momento pós-pandemia, com corte de gastos, a base será importante", falou Ricken.

Preocupado também com o papel social que o clube de futebol para a sociedade, Ricken falou como o clube prepara os jovens para uma vida próspera no caso do sonho de ser jogador não se concretizar.

"Aqui não é um parque de diversões. Trabalhamos duro com os jovens e os orientamos. O futebol ensina valores como trabalho em equipe, respeito, resiliência e muitos outros. Nosso objetivo é desenvolver esses garotos para serem bons independente do futebol", explicou.

Matéria cedida pela Bundesliga International

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.