Parte 1: Guia dos clássicos da Bundesliga

Numa série de textos sobre os Derbys do Futebol Alemão, veja aqui no Fussball Brasil, os primeiros cinco clássicos ferventes e as particularidades que os fazem serem rivais


Imagem: Fussball Brasil

Veja abaixo os clássicos que a nossa equipe preparou para essa edição da série de textos:

Revierderby (Borussia Dortmund vs. Schalke 04)
Por: Gabriel Vargas

Foto/Reprodução: Bongarts

Quando se fala em futebol alemão, provavelmente o time que vem à sua cabeça é o Bayern de Munique, maior campeão alemão, clube com o maior investimento e que vem sendo dominante nas últimas temporadas. Porém, quando falamos de maior clássico, esse nome fica um pouco de lado e dá espaço para duas equipes mais populares, Borussia Dortmund e Schalke 04 que, de fato, é o maior clássico do país.

O Revierderby, como também é conhecido na Alemanha, teve sua primeira partida na temporada de 1924/25, um jogo que foi amplamente dominado pelo lado Azul-Real, que saiu com uma vitória por 4 a 2. A partir desse momento, um dos maiores clássicos do mundo surgia e duas cidades que eram separadas por, apenas, 30km pareciam estar separadas por um oceano inteiro. A dominância do clube de Gelsenkirchen se manteve firme durante toda a década de 1920 e 1930.

As coisas começaram a mudar na temporada de 1946/47, logo após a pausa do campeonato devido a Segunda Guerra Mundial, quando o Borussia Dortmund arrancou uma vitória por 3 a 2 sobre o Schalke na final da Westfalenliga. A partir desse momento, o lado Aurinegro do Ruhr começou a ser mais imponente e a ganhar títulos nacionais. No pós-guerra, os azuis-reais conquistaram, somente, um título nacional em 1958 e, desde então, vivem em jejum.

Se formos pensar em aspectos extracampo, só encontramos mais motivos para essas duas equipes terem uma rivalidade tão forte. Ambas as cidades são conhecidas por serem o centro das indústrias de carvão e aço na Alemanha e seus trabalhadores são extremamente orgulhosos e amam suas cidades mais que tudo. Com isso, essa paixão acaba sendo expressada através dos clubes, que batalham sempre para manter o orgulho da população vivo. Todos esses aspectos só contribuíram para que ao longo do tempo essa rivalidade entre Borussia Dortmund e Schalke 04 se tornasse a mãe de todos os derbys.

Rheinderby (Borussia Mönchengladbach vs. 1. FC Köln)
Por: Alexander Efraim

Foto/Reprodução: dpa/Roland Weihrauch
Foto: DPA/Roland Weihrauch

Existe uma enorme rivalidade entre o Borussia Mönchengladbach e FC Köln – o Rheinderby, ou Derby do Rio Reno, em tradução para o português, que é tratado como segundo maior clássico do país. A intensa rivalidade entre os clubes teve sua “faísca” em 1964, quando o até então treinador do Köln, Hennes Weisweiler, trocou o clube pelo Borussia. 

Weisweiler, nome popular dentro da história do Borussia Mönchengladbach, é figura mitológica nos dois clubes, o mascote do Köln, por exemplo, tem o nome de Hennes em homenagem ao antigo treinador do clube, enquanto o Borussia venera o treinador como “técnico do século” – o estádio Borussia-Park está localizado no endereço Hennes-Weisweiler-Allee em homenagem ao ex-técnico.

O Borussia conseguiu se sobressair diante do seu maior rival em uma disputa direta, na final da DFB Pokal em 1973, vencida pelos Die Fohlen por 2 a 1, com tento de Günter Netzer, um dos grandes ídolos da história dos Potros. No geral, o Gladbach possui cinco conquistas do campeonato alemão, enquanto o arquirrival Colônia se sagrou campeão em três oportunidades. Nenhum dos dois clubes voltaram a conquistar a Bundesliga desde a temporada 77-78, mas a rivalidade entre os clubes e as torcidas permaneceu intensa e severa, inclusive com vários casos de vandalismo e violência entre os torcedores.

Dentro de campo, a supremacia do Borussia Mönchengladbach diante do Köln é avassaladora – são 57 vitórias, 22 empates e 36 derrotas, com índice de 49,6% de vitória a favor do Borussia. O Gladbach possui superioridade até mesmo atuando fora de casa – 25 triunfos do Borussia, 11 empates e 20 vitórias do Köln. O Colônia figura como a equipe que os Potros mais venceram na história da Bundesliga - são 50 vitórias em 90 partidas disputadas.

Rheinderby (1. FC Köln vs. Fortuna Düsseldorf)
Por: Samuel Novaes

Foto: (Imago Images/Sven Simon)

Com a quarta maior torcida da Alemanha, segundo pesquisa divulgada pelo Bild, em 2017, além de ser a maior cidade e a capital do estado federativo da Renânia do Norte-Vestefália, Köln não só rivaliza com o Borussia Mönchengladbach, seu grande rival, mas, também, com grande parte dos times que estão na Renânia do Norte, como Düsseldorf, e Leverkusen.

Separados por cerca de 40km, Düsseldorf e Köln fazem um clássico quente, muito por conta do Die Flingeraner, que tem no Köln o seu grande rival. A richa entre os dois clubes acontece, principalmente, pela proximidade das duas cidades. E ela não é privilégio do futebol. No carnaval, Köln e Düsseldorf também são rivais, com Alaaf (Köln) x Helau (Düsseldorf) disputando a atenção dos foliões alemães entre o Weiberfastnacht e o palhaço Hoppeditz.

O clássico esfriou nos últimos anos, com Köln e Düsseldorf ficando seis temporadas sem se enfrentarem. Este ano marca a volta do Duelo do Rio Reno, com as duas equipes juntas na Bundesliga pela primeira vez em muito tempo. No primeiro turno deu Düsseldorf, que ganhou, em casa, por 2 a 0 dos bodes. Já no segundo turno, as equipes empataram em 2 a 2. 

Berliner Stadtderby (Hertha Berlin vs. 1. FC Union Berlin)
Por: Gabriel Dufrayer

Foto/Reprodução: Stuart Franklin/Reuters DFL) 

O Berliner Stadtderby, o clássico da capital alemã, é a forma como os confrontos entre Hertha BSC e Union Berlin é conhecido. Ao longo dos anos foi pouco disputado, sendo inclusive uma novidade na elite do futebol alemão na temporada 2019/20. Se por muitos anos as torcidas de ambos os clubes foram quase que amigas, foi necessário apenas uma partida pela Bundesliga para que toda a rivalidade viesse à tona.

Um derby marcado principalmente pela história da cidade de Berlim, que antes dividida, contrastava a diferença das agremiações. Se o Hertha era o representante da parte ocidental da cidade, o Union representava a resistência da parte oriental. Quando a capital foi dividida pelo muro, o Hertha perdeu muitos de seus torcedores que residiam no leste. Vários deles se tornaram torcedores do Union Berlin, que era a demonstração de força contra o regime e contra o time favorecido politicamente na antiga Alemanha Oriental (DDR), o Dynamo Berlin. A relação entre os torcedores de azuis e vermelhos rapidamente se estreitou e as claques viraram aliadas, se apoiando mutuamente em diversas ocasiões.

Com a queda do muro, em 1990 Hertha Berlin e Union Berlin disputaram um amistoso no Olympiastadion para celebrar o momento histórico. Em um jogo recheado de animosidade e troca de gentilezas entre os torcedores, a equipe Herthaner venceu por 2 a 1, mas o resultado pouco importou. O que ficou marcado naquela ocasião foi o slogan promovido para o encontro: "Hertha und Union, eine Nation".

O histórico entre as duas equipes é composto em sua maioria por amistosos, sendo apenas seis de forma oficial. O equilíbrio toma conta das estatísticas: duas vitórias pra cada lado e dois empates. Na Bundesliga 2019/20, pela primeira vez os clubes se encontraram em partidas da primeira divisão. No primeiro turno, no Stadion An der Alten Försterei, o Union venceu por 1 a 0 com direito a paralisação da partida por sinalizadores atirados no campo e grande tensão entre os Ultras de ambos os lados. Os acontecimentos talvez mostrem que, pelo menos por parte dos torcedores organizados, a amizade entre os times acabou. Já no returno, no Olympiastadion, o Hertha se vingou e aplicou uma goleada por 4 a 0. O clássico que contava com mais de 70 mil ingressos vendidos foi disputado sem público devido a pandemia do coronavírus.

Karneval-Derby (1. FSV Mainz 05 vs. 1. FC Köln)
Por: Guilherme Monteiro

Foto/Reprodução: (Bundesliga)

O Karneval Derby é o clássico entre as equipes que têm uma ligação muito forte com uma tradicional festa brasileira, o Carnaval. Dentro de campo não é uma das maiores rivalidades do futebol alemão, é uma rixa muito maior entre os cidadãos de Mainz e Köln. Por natureza, o Mainz é um clube essencialmente carnavalesco, pois antes da existência do 1.FSV Mainz 05, a intenção era ser um clube, apenas, de carnaval da cidade. 

Já o Köln, em sua fundação, não tem uma ligação tão forte com a festa tradicional da cidade. Mas, ao longo do tempo, apropriou-se dessa identidade da cidade e se colocou, também, como um clube do Karneval. Uma das marcas deste confronto são as camisas comemorativas da festa, que sempre são bem diferentes das padrões e fazem uma relação com as fantasias usadas nas festas locais. 

Foto/Reprodução: Bundesliga
Historicamente, Mainz e Köln têm duelos bem equilibrados, com 30 jogos ao todo. Os Bodes tiveram 11 triunfos, assim como os Nullfunfers. No último domingo (17), chegamos ao oitavo empate no duelo. Pela Bundesliga, o Mainz leva vantagem, com 7 vitórias contra 5 do Köln e 6 empates. O recordista de dérbis é Jonas Hector, com 10 jogos disputados e 2 gols marcados. O maior artilheiro é o atacante Lukas Podolski, com 4 gols em 8 jogos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.