Frauen-Bundesliga 2020/21: Giro da Rodada 8

As Lobas do Wolfsburg golearam o Turbine Potsdam e segue à caça do líder Bayern de Munique (Imago)
As Lobas do Wolfsburg golearam o Turbine Potsdam e seguem à caça do líder Bayern de Munique (Imago)

Após duas semanas de hiatos para disputa das partidas internacionais de seleções e da segunda fase da Copa da Alemanha Feminina, a Frauen-Bundesliga voltou e voltou com tudo. O que não faltou foi bola nas redes e não houve nenhum empate. Vamos ao resumão da oitava rodada!


GUIA DA FRAUEN-BUNDESLIGA 2020/21

FRAUEN-BUNDESLIGA 2020/21: GIRO DA RODADA 7


TURBINE POTSDAM 0x5 WOLFSBURG


Na caça ao líder Bayern, o Wolfsburg foi a Potsdam e não deu sopa pro azar. As Lobas até viram o Turbine começar bem o jogo, mas logo tomaram as rédeas do confronto. Com Rauch, o Wolfsburg abriu o placar aos 8 minutos. E definiu o jogo ainda na primeira etapa. Aos 30, Goessling ampliou, de pênalti, marcado por toque de mão - a goleira Vanessa Fischer quase defendeu a cobrança, mas acabou a deixando passar por debaixo de seus braços. Enquanto Janssen, de falta, fez o terceiro, aos 41. 


No segundo tempo, não demorou até que saísse o quarto. Aos 3 minutos, Goessling roubou uma bola no meio-campo, quando o Turbine partia para o ataque, e ligou Oberdorf, que fez a defesa Turbinen de gato e sapato e marcou um golaço. Antes de fechar a conta, com Jakabfi, aos 71, o Wolfsburg ainda teve, nos pés de Saevik, duas chances para marcar, porém, Graf e Fischer foram precisas para evitar que o quinto chegasse mais cedo. 


A vitória mantém as Lobas a dois pontos das Bávaras, líderes da competição com 100% de aproveitamento e nenhum gol sofrido até o momento. Já o Potsdam viu o rival Frankfurt e o Hoffenheim se aproximarem na briga pela terceira colocação. 


Turbine Potsdam: Fischer; Nally (78. Bahnemann), Barth, Elsig, Graf; Mesjasz – Cerci (34. Plattner), Weidauer (78. Orschmann), Nielsen (64. Chmielinski), Ehegötz; Kössler


Wolfsburg: Kiedrzynek; Hendrich (57. Blässe), Goessling, Janssen (80. Wedemeyer), Rauch; Engen, Oberdorf (57. Cordes); Wolter (71. van de Sanden), Huth, Jakabfi; Saevik (71. Rolfö)



MEPPEN 0x3 BAYERN DE MUNIQUE


Como esperado, o Bayern venceu mais uma e segue na liderança da competição, com 100% de aproveitamento e 0 gols sofridos - o melhor início da história do clube desde que ascendeu à Frauen-Bundesliga. 


Mesmo em casa, o Meppen não ofereceu tanta resistência ao time de Jens Scheuer, que resolveu o jogo ainda na primeira etapa, e só teve duas boas oportunidades de marcar, ambas em bola parada, mas não as concretizou. O primeiro gol das Bávaras saiu cedo, e foi uma pintura de Marina Hegering. Aos 31, Klara Bühl foi municiada por Hanna Glas e ampliou - aliás, este foi o primeiro gol de Bühl com a camisa imponente bávara -, enquanto Beerensteyn "fechou o caixão" aos 40 minutos. No fim das contas, saiu barato para o Meppen, visto que o Bayern perdeu outras boas ocasiões de marcar, especialmente quando ainda estava 1 a 0. 


MeppenSieger; Goad, Ihlenburg, Weiss, Becker; Preuss (89. Bitzer), Schulte, Fullenkamp (90. Hahn), Berentzen (78. Voitane); Winczo (89. Emmerling) e Endermann (46. Krug)


Bayern de MuniqueBenkarth; Simon, Hegering, Wenninger, Glas (81. Ilestedt); Zadrazil (60. Boye), Magull; Asseyi (60 Schüller), Dallmann (81. Laudehr), Beerensteyn (67. Corley); Bühl



BAYER LEVERKUSEN 2x5 HOFFENHEIM


Bola nas redes foi o que não foi faltou em Bayer Leverkusen x Hoffenheim e o mais surpreendente é todos os gols terem saído nos 45 minutos finais, apesar de um primeiro tempo pra lá de movimentando no Zentrum Kurtekotten. 


O Bayer saiu na frente no comecinho do segundo tempo com Dora Zeller, ex-Hoffenheim (a lei do ex não falha, afinal). Menos de 10 minutos após o Werkself abrir o placar, o Kraichgauer empatou, com Beuschlein, e retomou controle do jogo. Foram muitas as ocasiões de gol geradas pela equipe de Gallai após o 1-1 e, logo na primeira, saiu o segundo gol, com Brand. Não demorou até que Lena Lattwein, de pênalti, fizesse o terceiro para o Hoffe. Por sua vez, o Leverkusen só foi "dar o troco" nos instantes finais e, também de pênalti, fez o seu segundo no jogo. Nos acréscimos, Fühner e Krumbiegel fecharam a conta. 


Bayer Leverkusen: Klink; Sahlmann (46. Kerschowski), Wirtz, Turanyi, Marti (84. Rackow); Wich (46. Csiszár), Brüggemann, Jessen (46. Kögel); Zeller, Nikolic e Pinther (46. Friedrich)


Hoffenheim: Dilfer; Brand (69. Hartig), Naschenweng (77. Steinert), Rall, Bühler, Wienroither; Harsch (77. Dongus), Hagel (69. Krumbiegel), Lattwein; Wassmuth (88. Fühner) e Beuschlein


DUISBURG 0x3 EINTRACHT FRANKFURT


Após três rodadas, o Eintracht Frankfurt, enfim, voltou a vencer. As Águias dominaram as Zebras do Duisburg, e não tiveram tanto trabalho para voltar para casa com os três pontos e se reaproximar do Turbine Potsdam na briga pela terceira vaga na Liga dos Campeões Feminina da próxima temporada. O Duisburg até criou as suas chances, mas não soube as aproveitar. Inclusive, as Zebras tiveram um bom início na partida e a controlou durante os primeiros minutos, mas viu, aos 18, o Eintracht Frankfurt marcar o primeiro com Pawollek, após uma bobeada na saída de bola. A pressão das visitantes foi enorme pós 0-1, nos pés de Freigang, o Frankfurt teve duas boas chances de marcar, mas a artilheira perdeu ambas. A goleira Kämper ainda faria outra defesa antes do final da primeira etapa. 


No segundo tempo, as Águias agiram rápido. Logo aos 6 minutos, Reuteler, com um golaço de fora da área, ampliou. O Duisburg respondeu pouco tempo depois, com Baucom, mas a recém-contratada perdeu sua oportunidade de marcar cara-a-cara com Frohms e, logo em seguida, Freigang fechou a conta para o Eintracht e chegou ao décimo gol na temporada da Frauen-Bundesliga, isolando-se ainda mais na corrida pela artilharia.


Duisburg: Kämper; Yekka, Hilbrands, O'Riordan (60. Debitzki), Fürst (70. Halverkamps); Zielinski, Maierhofer (59. Hochstein), Morina, Günster (19. Angerer); Baucom e Kornieck


Eintracht Frankfurt: Frohms; Hechler, Kleinherne, Kirchberger, Aschauer (80. Störzel); Feiersinger (70. Mauron), Pawollek; Nüsken, Freigang (84. Köster), Dunst (80. Panfil); Reuteler (70º Martinez)


SC SAND 1x3 SGS ESSEN


Mesmo fora de casa, o SGS Essen não teve tanto trabalho para vencer o Sand. As Violetas resolveram o jogo ainda na primeira etapa e viram o Sand oferecer um pouco de perigo nos 45 minutos finais, mas sem eficácia. O Sand até começou bem, criando chances de marcar e tudo mais, só que foi o Essen quem inaugurou o marcador e, a partir daí, tomou o controle do jogo para si. Aos 14 minutos, Selina Ostermeier estufou as redes com um belo cabeceio. Só sete minutos mais tarde, foi a vez de Feldkamp marcar um golaço, driblando a goleira e a deixando no chão, inclusive. O terceiro gol não tardou muito a chegar, aos 40, Anyomi fez outro belo gol para o SGS. 


Com vantagem de três gols, o Essen baixou um pouco o ritmo na segunda etapa e viu, aos 60 minutos, o Sand diminuir, com Hoppius. A equipe de Nora Häuptle seguiu, enlouquecidamente, em busca do empate, mas não conseguiu marcar, sequer, outro gol e acabou saindo derrotada.


SC Sand: Weimar; Brandenburg, Moorrees (46. Caldwell), Georgieva, Sakar (80. Gavat); Evels, Gentile, Loos (46. Blagojevic), Tolmais (46. George), Kreil; Hoppius.


SGS Essen: Johannes; L. Ostermeier, Räcke, S. Ostermeier, Ioannidou; Klasen, Feldkamp, Piljic (50. Baijings), Wamser (84. Nesse); Anyomi e Senss.


FREIBURG 2x1 WERDER BREMEN


De virada, o Freiburg venceu o embalado Werder Bremen que vinha de três vitórias consecutivas, duas pelo Campeonato e uma pela Copa da Alemanha. Sólido, o Bremen se postou muito bem nos primeiros 45 minutos e poderia ter encaminhado a vitória se tivesse um pouquinho mais de capricho (e sorte) na hora de concluir as jogadas. 


As Werderaner fizeram o 0-1, com Tarczyńska, aos 5 minutos de jogo, em lance gerado por erro de Nunding, goleira do Freiburg, na saída de bola, e tiveram mais duas boas chances de ampliar, mas, uma parou em Nunding e a outra foi direto na trave. Quando o relógio acusava 28 minutos, Sandra Starke empatou para o Breisgauer graças ao rebote dado por Borbe na conclusão de Sanders. Oito minutos mais tarde, foi a vez da própria Sanders marcar - um belo de um gol devido à sua construção, diga-se. 


No segundo tempo o Freiburg teve um maior controle sobre o jogo, todavia, não converteu sua superioridade em gols, porém, garantiu os três pontos e se aproximou um pouco mais do bolo que mira a terceira vaga na Liga dos Campeões. 


Freiburg: Nuding; Vojteková (90. Wensing), Stegemann, Steuerwald, Karl; Kayikci, Müller (90. Knaak), Minge (81. Wittje), Sanders (73. Bürger); Starke e Memeti (81. Buser)


Werder Bremen: Borbe; Timmermann (71. Kofler), Walter, Ulbrich, Tóth; Volkmer (57. Radosavljevic), Wichmann, Gidion (77. Keles), Lührssen (57. Schiechtl); Walkling (77. Goddard) e Tarczyńska


SELEÇÃO DA RODADA


XI (3-4-3): Frohms; Hegering, Janssen, Goessling; Oberdorf, Zadrazil, Huth, Lattwein; Reuteler, Beuschlein e Wassmuth. Técnico: Gabor Gallai (Hoffenheim)


A craque da rodada, sem dúvidas, foi a suíça Géraldine Reuteler, atacante do Eintracht Frankfurt. Além de ter feito um dos gols mais bonitos da rodada, Reuteler participou dos outros dois gols do Frankfurt, com uma assistência para Pawollek, no primeiro gol, e uma pré-assistência no gol de Freigang, o terceiro das Águias.


CLASSIFICAÇÃO APÓS A OITAVA RODADA


1) Bayern de Munique - 24 pontos (+26 SG)

2) Wolfsburg - 22 pontos (+24 SG)

3) Turbine Potsdam - 16 pontos (+3 SG)

4) Eintracht Frankfurt - 14 pontos (+9 SG)

5) Hoffenheim - 13 pontos (0 SG)

6) Freiburg - 11 pontos (0 SG)

7) Bayer Leverkusen - 11 pontos (-3 SG)

8) SGS Essen - 10 pontos (-4 SG)

9) Werder Bremen - 6 pontos (-14 SG)

10) SC Sand - 6 pontos (-17 SG)

11) Duisburg - 2 pontos (-13 SG)

12) Meppen - 2 pontos (-13 SG)


JOGOS DA PRÓXIMA RODADA


13/11/2020, sexta-feira


15h15 | Eintracht Frankfurt x Turbine Potsdam


14/11/2020, sábado


09h00 | Werder Bremen x Duisburg


15/11/2020, domingo


10h00 | SGS Essen x Freiburg

10h00 | Hoffenheim x SC Sand

10h00 | Meppen x Bayer Leverkusen

10h00 | Bayern de Munique x Wolfsburg


SIGA O FUSSBALL BRASIL NO TWITTER E NO INSTAGRAM E FIQUE SEMPRE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO FUTEBOL ALEMÃO MASCULINO E FEMININO

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.