Frauen-Bundesliga 2020/21: Giro da Rodada 10

Jogadoras do SGS Essen comemoram um dos seis gols da vitória no Revierderby contra o Duisburg (Michael Gehrmann)

Chegamos a penúltima rodada do primeiro turno. E, pela primeira vez, tivemos jogos adiados. Os confrontos entre Bayern de Munique e Bayer Leverkusen, Turbine Potsdam e Werder Bremen, não puderam acontecer devido a atletas contaminadas nos elencos do Leverkusen e do Werder - que entraram em quarentena. Vamos ao resumo da 10ª rodada da competição, que para pela última vez neste ano para o intervalo internacional da FIFA!


+ GUIA DA FRAUEN-BUNDESLIGA 2020/21

+ FRAUEN-BUNDESLIGA 2020/21: GIRO DA RODADA 9


WOLFSBURG 3x0 EINTRACHT FRANKFURT


O Wolfsburg não precisou fazer muito para vencer o Eintracht Frankfurt - que segue abaixo do que se imaginava pelas movimentações que fez na janela e pelo apresentado no início da temporada. Jogando em casa, as Lobas contaram com duas pinturas e um gol de pênalti para somar os três pontos. O Eintracht até deu seus ameaços à meta alviverde, mas pecou nas conclusões das jogadas. 


Aos 3 minutos de jogo, o Wolfsburg teve sua primeira chance de marcar, mas Rölfo, que realizara sua primeira partida como titular na temporada, conseguiu fazer o mais difícil: perder o gol. Por sorte, não tardou até que as Lobas inaugurassem o marcador. Somente 6 minutos depois, Joelle Wedemeyer engatou uma traulitada de fora da área, sem chances para Frohms defender. Após o gol, o ritmo do Wolfsburg diminuiu um pouco, e o Eintracht aproveitou para ir em busca do empate. Com Freigang e Reuteler, as Águias tiveram duas chances de empatar, por volta dos 20 minutos, mas nenhuma das duas conseguiu marcar. O Wolfsburg voltou a ameaçar quando o primeiro tempo já se encaminhava para o fim, porém parou em Frohms. 


Na segunda etapa, demorou até algo acontecer - porém, na primeira chegada, saiu gol. Aos 64, a jovem Lena Oberdorf ampliou para as Lobas, com uma bela finalização na entrada da área. Pouco mais de 10 minutos, Goessling fechou a conta, de pênalti. 


Wolfsburg: Kiedrzynek; Hendrich (46. Rauch), Goessling, Janssen, Wedemeyer; Engen, Oberdorf (83. Cordes); Jakabfi, Huth (83. Dickenmann), Rolfö (69. Wolter); Saevik (62. van de Sanden)


Eintracht Frankfurt: Frohms – Hechler (90. Störzel), Kleinherne, Kirchberger, Aschauer – Nüsken, Pawollek (90. Köster) – Feiersinger (72. Dunst), Freigang, Reuteler (87. Panfil) – Prasnikar (87. Küver)



DUISBURG 1x6 SGS ESSEN


Mesmo fora de casa, o SGS Essen se impôs e goleou o rival Duisburg no Revierderby - inclusive, esta vitoria do SGS foi a segunda maior diferença de gols em um jogo nesta temporada da competição. As Violetas não pressionaram tanto na primeira etapa - salvo os primeiros cinco minutos quando, antes de abrir o placar aos 4, já tinham acertado uma bola na trave - mas foram precisas para guardar as três oportunidades criadas. O Duisburg, por sua vez, só teve uma boa chance na etapa, e que na realidade nem foi tão boa assim, pois não chegou a levar perigo de verdade. Nos 45 minutos finais, as Zebras tentaram ir pra cima, sem sucesso, e acabaram por levar outros 2 gols antes de diminuir aos 81 - três minutos depois, a suplente Nesse fechou a conta para as visitantes. 


O Duisburg é, agora, a única equipe que ainda não venceu na competição, além de ter o segundo pior ataque e a pior defesa. Fica de destaque da partida as atuações das jovens Carlotta Wamser (17) e Nicole Anyomi (20), que marcaram dois gols cada.


Duisburg: Kämper; O’Riordan (71. Angerer), Debitzki, Hilbrands, Fürst (46.Yekka); Morina (46. Cin), Günster (70. Hochstein); Zielinski, Kornieck, Halverkamps; Baucom (46. Lange)


SGS Essen: Johannes; L. Ostermeier, S. Ostermeier, Räcke, Ioannidou; Markou (78. Grutkamp), Piljić (78. Baijings), Senss (78. Brecht), Klasen (68. Nesse), Wamser (61. Sterner); Anyomi


FREIBURG 1x5 HOFFENHEIM


O Hoffenheim venceu mais um Baden-Derby, agora contra o Freiburg! O resultado coloca o Kraichgauer, definitivamente, na briga com o Turbine Potsdam pela última vaga na Liga dos Campeões. 


Apesar da vitória elástica, o Freiburg deu bastante trabalho para o TSG, mas a eficiência das visitantes prevaleceu. Houve poucas movimentações nos primeiros minutos, a melhor chance foi do Freiburg, aos 8, em cobrança de falta de Kayikci que acertou a trave. Aos 21, o Billa abriu o placar para o Hoffe, de pênalti. Pouco tempo depois, Wassmuth fez o segundo e o terceiro. O Freiburg voltou a ameaçar após tomar o terceiro, mas parou por duas vezes nas traves do gol de Dilfer.


Na segunda etapa, o Hoffenheim começou com terminou a primeira: com três minutos de segundo, marcou pela quarta vez, agora com Krumbiegel. Aos 61, o Breisgauer diminuiu, mas não foi o bastante para alterar os ânimos da partida e ir em busca de, quem sabe, uma remontada. Quando o relógio apontava 9 minutos para o fim, Nicole Billa marcou seu segundo no jogo e fechou a conta para o TSG. 


Freiburg: Nuding; Stegemann, Vojteková, Karl, Memeti (34. Wittje); Knaak, Müller; Bürger (69. Steuerwald), Kayikci (80. Sanders), Minge (80. Buser); Starke


HoffenheimDilfer; Wienroither, Rall, Bühler, Naschenweng (68. Brand); Krumbiegel (68. Steinert), Hagel (80 Fühner), Dongus (57. Hartig)Harsch, Wassmuth (80. Beuschlein); Billa 


SC SAND 1x2 MEPPEN


O Meppen, enfim, venceu a primeira e respira na luta contra o descenso. O Sand, por sua vez, não sabe o que é triunfar na Frauen-Bundesliga desde a terceira rodada, quando venceu o Duisburg por 1-0, fora de casa.


A partida foi bastante movimentada, o Sand teve um grande volume, especialmente no segundo tempo, e poderia muito bem ter saído com a vitória, mas não converteu as melhores chances que teve e viu, ainda no primeiro tempo, o Meppen marcar duas vezes em lances que poderiam ter sido evitados. Com a vantagem no placar, as Mepperinnen só se propuseram a defender nos 45 minutos finais. A estratégia deu certo, embora o Sand tenha criado boas chances e convertido uma delas, aos 68 minutos. Após o apito final, a equipe do treinador Theodoros Dedes foi, merecidamente, aplaudida. 


SC Sand: Weimar; Brandenburg, Moorrees, Caldwell (46. Georgieva), Sakar (46. Kreil); Evels, Loos, Gentile (68. Lohmann), Blagojevic (55. Balcerzak), George; Hoppius


Meppen: Sieger; Becker (88. Bitzer), Krug, Weiss, Goad; Fullenkamp, Berentzen (61. Voitane), Schulte, Endemann (61. Preuss); Winczo e Jaron (55. Flaws, 88. Hahn)


RESULTADOS DOS JOGOS ADIADOS 

- BAYERN DE MUNIQUE 1-0 BAYER LEVERKUSEN

- TURBINE POTSDAM X WERDER BREMEN (AINDA NÃO REALIZADO)


SELEÇÃO DA RODADA


XI (3-4-3): Kiedrzynek;  L. Ostermeier, Rall, Goessling; Oberdorf, Wedemeyer, Wamser, Krumbiegel; Wassmuth, Anyomi e Billa. Técnico: Markus Högner (SGS Essen)


O destaque da rodada certamente foi a jovem Carlotta Wamser, do SGS Essen. A meia fez seu primeiro "Doppelpack" na carreira e não só isso, como também participou de outras ocasiões de gols do SGS na grande vitória no Revierderby contra o Duisburg. Menção honrosa para Tabea Wassmuth, do Hoffenheim, que fez um grande jogo contra o Freiburg e, assim como Wamser, marcou duas vezes.


CLASSIFICAÇÃO APÓS A DÉCIMA RODADA


1) Bayern de Munique - 30 pontos (+30 SG)

2) Wolfsburg - 25 pontos (+24 SG)

3) Hoffenheim - 19 pontos (+7 SG)

4) Turbine Potsdam - 19 pontos (+4 SG)*

5) Eintracht Frankfurt - 14 pontos (+7 SG)

6) SGS Essen - 14 pontos (+1 SG)

7) Bayer Leverkusen - 14 pontos (-1 SG)

8) Freiburg - 12 pontos (-4 SG)

9) Werder Bremen - 9 pontos (-12 SG)*

10) SC Sand - 6 pontos (-21 SG)

11) Meppen - 5 pontos (-15 SG)

12) Duisburg - 2 pontos (-20 SG)


JOGOS DA PRÓXIMA RODADA


11/12/2020, sexta-feira


15h15 | SGS Essen x Turbine Potsdam


13/12/2020, domingo


10h00 | Eintracht Frankfurt x Bayern de Munique

10h00 | Meppen x Freiburg

10h00 | Werder Bremen x Wolfsburg

10h00 | Hoffenheim x Duisburg

10h00 | Bayer Leverkusen x SC Sand


SIGA O FUSSBALL BRASIL NO TWITTER E NO INSTAGRAM, E FIQUE SEMPRE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO FUTEBOL ALEMÃO MASCULINO E FEMININO

Postar um comentário

0 Comentários