Frauen-Bundesliga 2020/21: Giro da Rodada 6

O Turbine Potsdam segue sem saber o que é perder na Frauen-Bundesliga e está bem próximo dos líderes


Meio primeiro turno concluído! A sexta semana de jogos da Frauen-Bundesliga nos proporcionou resultados surpreendentes - tropeços de dois gigantes, vitória por goleada do Bayern contra um rival forte... Confira na sequência o resumão da rodada.


GUIA DA FRAUEN-BUNDESLIGA 2020/21

+ FRAUEN-BUNDESLIGA 2020/21: GIRO DA RODADA 5


DUISBURG 2x3 TURBINE POTSDAM


O Turbine Potsdam venceu seu quinto jogo em seis rodadas, manteve-se invicto e colou no pelotão de cima de vez. Apesar de o Duisburg estar lutando contra a degola, as Zebras ofereceram bastante resistência.


O MSV, inclusive, foi quem abriu o placar, e logo aos 5 minutos de jogo, com Yvonne Zielinski. O Potsdam só foi buscar o empate aos 35, mas logo em seguida concedeu o 2-1 ao Duisburg - gol na conta de Merle Barth, capitã do Potsdam, que não conseguiu dominar a bola e a perdeu, permitindo que Yvonne Zielinski progredisse para assistir o gol, marcado por Jorian Baucom, recém-contratada pelo Duisburg. Nos últimos instantes da primeira etapa, as Turbinen quase chegaram a empatar, porém, pararam em Kämper, goleira das donas da casa.


A segunda etapa foi toda das visitantes. Não demorou até que igualassem o marcador e a virada tornou-se questão de tempo - se não fosse por Kämper, teria acontecido mais rapidamente, a goleira teve que intervir duas vezes antes que Cerci ampliasse e fechasse a conta para o Potsdam, aos 73 minutos.


Duisburg: Kämper; Fürst, Hilbrands, Debitzki (83. Cin), Yekka (52. Günster); Morina, Hochstein; Zielinski, Kornieck (63. Maierhofer), O’Riordan (62. Cumert); Baucom (83. Angerer)


Turbine Potsdam: Fischer; Nally (22. Plattner), Barth, Elsig, Agrez; Orschmann (57. Kössler), Chmielinski, Mesjasz, Ehegötz; Weidauer e Cerci


MEPPEN 1x3 SGS ESSEN


O SGS Essen voltou a vencer após duas rodadas e conquistou sua segunda vitória nesta edição da Frauen-Bundesliga. 


O Meppen se esforçou, mas as tomadas de decisão erradas das suas atacantes, especialmente quando ainda estava 0-0, impediram que o time tivesse melhor sorte e, ao menos, um ponto conquistasse. Por sua vez, o SGS Essen, criou muito e pecou muito nas finalizações, mas conseguiu aproveitar melhor suas chances que o rival e, merecidamente, venceu o jogo. 


Senss abriu o placar para as Lila-Weiss no finalzinho do primeiro tempo, enquanto Berentzen deu o troco para o Meppen no comecinho da segunda etapa. Dois belos gols, diga-se. O SGS ampliou, com Feldkamp, de pênalti, aos 67, e fechou a conta com Wamser, aos 84 - este que foi o primeiro gol da jovem de 16 anos na Frauen-Bundesliga.


Meppen: Sieger; Becker, Weiss, Goad; Krug, Flaws, Preuss, Schulte, Fullenkamp (75. Endermann); Berentzen e Winczo


SGS EssenJohannes; Klasen, Räcke, S. Ostermeier (33. Markou), L. Ostermeier; Feldkamp, Senss, Baijings, Anyomi (89. Brecht), Laurier (68. Nesse); Lange (68. Wamser)


SC SAND 3x2 EINTRACHT FRANKFURT


Sand e Eintracht fizeram um bom jogo em Willstätt. Se na rodada passada as Águias contaram com a sorte para não saírem derrotadas pelo Bayer Leverkusen jogando em casa, nesta foi o azar quem esteve ao lado. 


O Sand saiu na frente do placar cedo (15') com Georgieva, que aproveitou um erro da defesa da SGE para marcar. Aos 39, o Frankfurt buscou o empate com Laura Freigang e aos 51, a virada, também com Freigang - já são 9 gols da jovem na competição, mais da metade dos gols marcados pela equipe (16). As Águias ainda tiveram a chance de matar o jogo aos 62, com Dunst, mas não o fizeram e foram castigadas. Hoppius e Loos marcaram um gol cada, aos 77 e aos 80, e fecharam o caixão das visitantes. Freigang ainda teve a oportunidade de garantir um pontinho para a SGE, aos 83, mas a desperdiçou. 


É a primeira derrota do Eintracht nesta edição da Frauen-Bundesliga, enquanto o Sand somou sua segunda vitória, a primeira em casa.


SC SandWeimar; Brandenburg, Moorrees, Geogieva, Tolmais; Balcerzak, Evels, Gentile; Loos, Blagojevic e Schaber (53. Hoppius)


Eintracht FrankfurtFrohms; Aschauer, Störzel, Kleinherne, Hechler (84. Küver); Pawollek, Nüske; Dunst, Freigang, Reuteler; Prasnikar (72. Mauron)


BAYER LEVERKUSEN 3x0 WERDER BREMEN


Após três rodadas sem vencer, o Bayer, enfim, voltou a somar 3 pontos. Já o Werder Bremen segue próximo à zona de rebaixamento do campeonato, com somente três pontos conquistados e com a pior defesa da competição (19 gols sofridos). 


A equipe alviverde começou melhor que as Aspirinas, mas não conseguiu aproveitar suas ocasiões e saiu atrás no marcador aos 34 minutos. O segundo tempo foi de total controle do Bayer. O Bremen só ameaçou uma vez (acertando a trave) e viu o Leverkusen balançar suas redes duas vezes, com Kerschowski e Nikolic.


O Bayer chegou aos 10 pontos com a vitória e ficou relativamente próximo da zona de classificação à próxima Liga dos Campeões. A nível de comparação com a temporada anterior, é um progresso e tanto da equipe de Achim Feifel, que não caiu graças ao saldo de gols e durante toda a campanha somou somente 17 pontos, apenas 7 a mais do que tem agora.


Bayer Leverkusen: Klink; Kerschowski (87. Reger), Friedrich (46. Brüggemann), Turanyi, Marti; Csiszar, Wirtz, Wich (87. Vinken), Zeller; Nikolic (83. Rackow) e Rudelic (46. Pinther)


Werder Bremen: Pauels; Timmermann, Ulbrich, Hausicke, Lührssen; Volkmer (75. Tóth), Gidion, Wichmann (65. Goddard), Radosavljević (46. Keles); Sehan (27. Walkling) e Tarczyńska (75. Schiechtl)


HOFFENHEIM 0x4 BAYERN DE MUNIQUE


O Bayern atropelou mais um rival e assumiu, novamente, a liderança da competição. O Hoffenheim quase não ameaçou as Bávaras. As únicas chances do Kraichgauer foram geradas por erros do Bayern, ambos em saída de bola - o primeiro quando o jogo ainda estava 1-0 e o segundo já nos 45 minutos finais, quando o FCB já tinha 2-0 a seu favor, ambas as chances foram "desperdiçadas" por Krumbiegel (na primeira, a meia deu um chute fraco e Benkarth não teve dificuldades para defender, já na segunda, a arqueira estava adiantadíssima após a cobrança do tiro de meta e quase foi encobrida, mas conseguiu evitar o gol).


O Bayern abriu o placar aos 3 minutos, com Ilestedt, e ampliou aos 31, com Lohmann. O jogo foi pro intervalo, praticamente, resolvido. E pra facilitar ainda mais as coisas, o Hoffe ainda teve Dongus expulsa pelo segundo cartão amarelo, aos 61. O Bayern aproveitou, fez o terceiro aos 79, com Wenninger, e Asseyi fechou a conta aos 86.


HoffenheimDilfer; Naschenweng (87. Degen), Bühler, Wienroither; Dongus, Harsch (46. Hagel), Brand (70. Fuhner), Krumbiegel; Wassmuth (87. Beuschlein), Billa (70. Steinert) e Rall


Bayern de MuniqueBenkarth; Glas, Wenninger, Hegering, Ilestedt; Magull (81. Dallmann), Zadrazil; Asseyi (86. Pollak), Lohmann (90. Laudehr), Beerensteyn (87. Corley); Bühl (81. Boye)



FREIBURG 1x1 WOLFSBURG


Pela primeira vez desde 2017, o Wolfsburg perdeu pontos para o Freiburg na Frauen-Bundesliga. Na ocasião, as Lobas foram derrotas por 1-0 pela 7ª rodada da temporada 2017/18. O dia não foi nada bom para o VfL. Além do tropeço, a capitã Alex Popp ainda sofreu uma lesão no pé e ficará fora por tempo indeterminado.


Apesar da inferioridade técnica, o Freiburg foi valente e criou chances para, até mesmo, vencer. Porém, de novo, esbarrou na falta de sorte e, também, na boa arqueira rival, que fez intervenções importantes. 


Os gols mesmo saíram somente na segunda etapa. O Wolfsburg abriu o placar aos 70, com Jakabfi, que entrou no intervalo no lugar de Engen. Após o tento, ritmo do jogo caiu bruscamente. E para o azar das Lobas, o Freiburg conseguiu o empate nos acréscimos, com Kayikci, que, entre duas defensoras na pequena área, conseguiu cabecear e botar a bola nas redes.


Freiburg: Nuding; Karl (84. Wensing), Steuerwald, Stegemann, Vojtekova; Minge, Müller (84. Wensing), Kayikci, Starke, Bürger (62. Wittje) – Hoffmann


Wolfsburg: Kiedrzynek; Blässe (64. Rauch), Goessling (81. Hendrich), Janssen, Wedemeyer; Engen (46. Jakabfi), Oberdorf; van de Sanden (64. Wolter), Huth (77. Dickenmann), Saevik; Popp


SELEÇÃO DA RODADA


XI (3-4-3): Benkhart; Wenninger, Georgieva, Ilestedt; Senss, Zielinski, Mesjasz, Popp; Asseyi, Freigang e Bühl. Técnica: Nora Häuptle (SC Sand)


O destaque da rodada, sem dúvidas, foi Viviane Asseyi. A francesa, contratada pelo Bayern para esta temporada, teve uma grande atuação na vitória contra o Hoffenheim, contribuindo com um gol e uma assistência. Asseyi, até o momento, vem sendo um dos destaques da temporada da competição - apenas Freigang participou de mais gols que a atacante dos Bávaros.


CLASSIFICAÇÃO APÓS A SEXTA RODADA


1) Bayern de Munique - 18 pontos (+20 SG)

2) Wolfsburg - 16 pontos (+16 SG)

3) Turbine Potsdam - 16 pontos (+11 SG)

4) Eintracht Frankfurt - 11 pontos (+9 SG)

5) Bayer Leverkusen - 10 (0 SG)

6) Hoffenheim - 7 pontos (-4 SG)

7) SGS Essen - 6 pontos (-6 SG)

8) SC Sand - 6 pontos (-14 SG)

9) Freiburg - 5 pontos (-2 SG)

10) Werder Bremen - 3 pontos (-14 SG)

11) Duisburg - 2 pontos (-7 SG)

12) Meppen - 2 pontos (-9 SG)


JOGOS DA PRÓXIMA RODADA


16/11/2020, sexta-feira


14h15 | Eintracht Frankfurt x Freiburg


18/11/2020, domingo


09h00 | Wolfsburg x Duisburg

09h00 | Hoffenheim x Meppen

09h00 | Werder Bremen x SC Sand

09h00 | Bayern de Munique x Turbine Potsdam

09h00 | SGS Essen x Bayer Leverkusen

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.