Frauen-Bundesliga 2020/21: Giro da Rodada 2

As Águias venceram mais uma com autoridade e seguem com 100% de aproveitamento nesta edição da Frauen-Bundesliga
Com média de 3,66 gols por jogo, o que não faltou foi bola na rede na segunda rodada da Frauen-Bundesliga - que, inclusive, ficará marcada pelos belos gols que proporcionou. Confira o resumo das seis partidas da segunda semana de jogos da competição.


BAYER LEVERKUSEN 2 X 0 DUISBURG 

As Aspirinas venceram, novamente, com gols nos minutos finais - não é só brasileiro que não desiste nunca. Porém, desta vez, não foi de virada.

O primeiro tempo de jogo foi de controle da posse pelo dono da casa e com as Zebras sendo incisivas nos contra-ataques. Tal como na primeira rodada, o Duisburg desperdiçou (todas) as boas chances de marcar - quando as teve. 

O Bayer melhorou um pouco na segunda etapa. Já o MSV seguiu perdendo chances de marcar - ter Klink debaixo das traves manteve as Aspirinas no jogo.

Aos 89 minutos, as redes, enfim, balançaram. Rackow, que havia entrado três minutos antes, deu a assistência para Nikolic marcar um belo gol. Nos acréscimos, Wirtz, que também entrou na segunda etapa - e, inclusive, deu a pré-assistência do primeiro gol - fechou a conta com um belo remate de fora da área.

Bayer Leverkusen: Klink; Sahlmann (57. Wirtz), Brüggemann, Turanyi, Jessen; Kerschowski, Matysik, Wich, Zeller (57. Csiszár); Rudelic (86. Rackow), Pinther (57. Nikolic)

Duisburg: Kämper; Hochstein, Debitzki, Hilbrands, O'Riordan; Zielinski, Günster; Morina, Hochstein, Halverkamps; Angerer (73. Lange)


SGS ESSEN 1 X 3 EINTRACHT FRANKFURT

O Eintracht Frankfurt manteve os 100% de aproveitamento na competição. Jogando fora de casa, as Águias buscaram uma virada sobre o SGS Essen para conquistar os 3 pontos. 

As donas da casa saíram vencendo logo aos 8 minutos de jogo com uma pintura de Anyomi, antes disso, já tinham criado outras duas oportunidades de gol. Foi um bom início do SGS, mas, daí em diante, o Frankfurt passou a ter volume de jogo e a controlá-lo. 

As Águias buscaram a virada ainda na primeira etapa. Aos 16, empataram com Feiersinger, em cobrança de pênalti, e estiveram próximas da virada pouco depois - mas não a fizeram. 

Quando o relógio apontava os 40 minutos, Aschauer fez o segundo da SGE em cobrança de falta. A camisa 18 das Águias ergueu a bola, de muito longe, na área e ninguém desviou, nisso, acabou entrando.

Na segunda etapa, o Eintracht pressionou ainda mais, porém teve algumas de suas investidas anuladas por impedimento. O Essen, por sua vez, não chegou mais com perigo e aos 74 minutos teve seu caixão fechado por Laura Freigang, que aproveitou de um erro na saída de bola das adversárias para encobrir a arqueira Johannes.

Eintracht Frankfurt: Frohms; Aschauer, Kirchberger, Kleinherne, Hechler; Pawollek, Mauron (90.+1 Köster); Dunst (76. Panfil), Freigang (90.+1 Martinez), Feiersinger (76. Nüsken) – Reuteler (65. Prasnikar)

SGS Essen: Johannes; Nesse, Ostermeier, Feldkamp (63. Räcke), Klasen (21. Dzaltur); Baass, Senss, Baijings (73. Brecht), Wamser, Markou (60. Lange); Anyomi

MEPPEN 2 X 2 TURBINE POTSDAM

Meppen e Turbine Potsdam proporcionaram o único empate da rodada. As Meppenerin chegaram a estar vencendo por 2-0, mas deixaram as visitantes - que foram superiores em boa parte do jogo - empatar.

O primeiro tempo não foi de grandes oportunidades, mas as melhores vieram do lado vermelho (Potsdam). Na segunda etapa, a partida se abriu. O Meppen chegou ao seu primeiro gol (histórico, diga-se - foi o primeiro do clube em uma divisão de elite) pouco tempo depois da arbitrá autorizar a bola rolar para os 45 minutos finais. E foi um golaço! Sarah Schulte, em uma boa escapada, viu Berentzen livre para atacar o espaço deixado pelo rival e enfiou a bola entre 2 atletas do Turbine que a cercavam. Por sua vez, Berentzen tirou a goleira Vanessa Fischer da jogada e balançou as redes. As Turbinen chegaram a empatar antes que as donas da casa ampliassem, mas tiveram o lance foi anulado por impedimento. 

O próprio Meppen chegou a criar uma grande chance de marcar antes que balançasse as redes novamente, mas, inacreditavelmente, a desperdiçou. Quando, enfim, acertaram o pé, saiu, de novo, uma pintura. Agora de Agnieszka Winczo, reforço do Meppen para temporada. A atacante tirou sua marcadora da jogada com uma linda caneta e encobriu a arqueira rival com uma bela finalização. 

As visitantes responderam rápido. Apenas um minuto após o Meppen ampliar, Smidt Nielsen diminuiu e, quatro minutos depois, foi a vez de Nina Ehegötz marcar, igualando o marcador. O Potsdam ainda pressionou bastante em busca da virada, mas não a conseguiu e de Meppen saiu com um só ponto. 

*Os clubes não disponibilizaram a ficha técnica do jogo

SC SAND 0 X 3 FREIBURG

No clássico de Baden, SC Sand e Freiburg desejavam apagar a má impressão da estreia na Frauen-Bundesliga, onde ambas saíram derrotadas. Aos 11 minutos, após rebote de falta cobrada por Hasret Kayikci, Stuerwald aproveitou e abriu o placar para o time visitante. O Freiburg seguiu dominante e após roubada de bola e rápida troca de passes, Bürger finalizou para a defesa de Pal e no rebote, Starke ampliou aos 14. Aos 37, após ótima jogada, Lisa Karl ampliou contando com um desvio da zaga adversária, fechando o placar ainda na primeira etapa. O Freiburg ainda teve um pênalti perdido e poderia ter ampliado na segunda etapa, porém a goleira austríaca do SC Sand fez ótimas defesas, evitando uma goleada.

SC Sand: Pal; Caldwell, Moorreees, Brandenburg; Sakar, Evels (69. Schaber), Balcerzak (46. Gentile), Loos; Blagojevic (89. Süle), Tolmais (46. George), Kreil

Freiburg: Nuding; Karl, Knaak, Minge, Votjekova; Bürger (89. Memeti), Starke, Kayikci (89. Buchele), Müller (64. Wittje),Hoffmann (64. Mégroz); Steuerwald (81. Stegemann)

WERDER BREMEN 0 X 4 BAYERN DE MUNIQUE 

O Bayern vinha de uma goleada diante do SC Sand e novamente mostrou suas credenciais diante do recém promovido Werder Bremen. O primeiro gol saiu aos 38 minutos após jogada de Linda Dallmann, que cruzou para a francesa Asseyi abrir o placar. Dois minutos depois foi a vez de Dallmann marcar após receber passe de Simon. Na segunda etapa, a lateral Ilestedt ampliou aos 53 minutos após passe de Lohmann, que fecharia a conta aos 63 minutos. 

Werder Bremen: Lena Pauels; Anna Hausdorff, Michelle Ulbrich, Ina-Marie Timmermann (83. Kofler), Nina Lührßen; Lina Hausicke (69. Goddard), Margarita Gidion, Jasmin Sehan (62. Radoslavljevic), Ricarda Walkling; Verena Volkmer (62. Wichmann) e Agata Tarczyńska

Bayern de Munique: Benkarth; Ilestedt, Hegering, Demann(75. Wenninger), Simon; Magull (59. Zadrazil), Lohmann, Dallmann, Gwinn (59. Laudehr); Beeresteyn (75. Corley) e Asseyi


HOFFENHEIM 1 X 4 WOLFSBURG

Após estrear com derrota, o Hoffenheim buscava a reabilitação em casa diante do atual campeão, porém, foram as Lobas que abriram o placar aos 11 minutos com Jakabfi, aproveitando cruzamento de Huth. As donas da casa não se abateram e pressionaram em busca do empate, que veio aos 27 após rápido contra ataque, onde Billa tocou para o fundo do gol de Kiedrzynek. A arqueira polonesa ainda evitou a virada do Hoffenheim em lance de Wassmuth aos 39 do primeiro tempo. Aos 43, após escanteio cobrado por Huth, a goleira Dilfer erra o tempo da bola e ela sobra livre para o segundo gol de Jakabfi e aos 46, após bela jogada da húngara, cruzamento para Popp que marca o terceiro gol ainda na primeira etapa. Na etapa final, Jakabfi marcou o 52 minutos seu terceiro gol na partida e que fechou o placar. 

Hoffenheim: Dilfer; Rall, Wienroither, Naschweng (76. Gorlitz), Dongus; Lattwein, Krumbiegel (82. Fühner), Harsch; Wassmuth (64. Hagel), Beuschlein (63. Brand), Billa(76. Steinert)

Wolfsburg: Kiedrzynek; Wedemeyer, Goessling, Hendrich, Janssen; Engen (61. Wolter), Oberdorf (85. Cordes), Huth (76. Blässe), Rauch (61. Dickenmann); Popp, Jakabfi


SELEÇÃO DA RODADA

XI (4-4-2): Klink; Wedemeyer, Hegering, Goessling, Jessen; Lohmann, Dallmann, Feiersinger, Wich;
Jakabfi e Nikolic. 

A craque da rodada não poderia ser outra: Zsanett Jakabfi. A húngara foi fundamental para vitória do Wolfsburg, marcando 3 dos 4 quatro gols da equipe diante o Hoffenheim.


CLASSIFICAÇÃO APÓS A SEGUNDA RODADA

1) Bayern de Munique - 6 pontos (+10 SG)
2) Eintracht Frankfurt - 6 pontos (+6 SG)
3) Wolfsburg - 6 pontos (+6 SG)
4) Bayer Leverkusen - 6 pontos (+3 SG)
5) Turbine Potsdam - 4 pontos (+2 SG)
6) Freiburg - 3 pontos (+2 SG)
7) Meppen - 2 pontos (0 SG)
8) Duisburg - 1 ponto (-2 SG)
9) Hoffenheim - 0 pontos (-5 SG)
10) SGS Essen - 0 pontos (-5 SG)
11) Werder Bremen - 0 pontos (-8 SG)
12) SC Sand - 0 pontos (-9 SG)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.