Frauen-Bundesliga 2020/21: Giro da Rodada 3

As Bávaras venceram mais uma apesar das dificuldades impostas pelo adversário e seguem na ponta da tabela

Após duas semanas de pausa devido à Data FIFA, o futebol feminino alemão retornou com o início da terceira rodada da Frauen-Bundesliga - que, ao contrário das duas primeiras semanas de jogos, não foi muito movimentada - e a primeira fase da DFB-Pokal Frauen (clique para conferir os resultados). 


+ GUIA DA FRAUEN-BUNDESLIGA 2020/21
+ FRAUEN-BUNDESLIGA 2020/21: GIRO DA RODADA 2


BAYERN DE MUNIQUE 1x0 FREIBURG


Jogando em casa, o Bayern venceu mais uma. Embora o resultado tenha sido favorável, fica de alerta as inúmeras oportunidades desperdiçadas pela equipe. O Freiburg fez um bom trabalho defensivo, mas não suficiente para sair de Munique com, sequer, um pontinho. As visitantes ainda criaram algumas ocasiões em contra-ataques, mas esbarraram em suas limitações e não conseguiram levar perigo real à meta de Benkarth. Coube a Marina Hegering, na segunda etapa, marcar para as Bávaras após um bate-rebate na área e garantir o triunfo.


Bayern de Munique: Benkarth; Glas, Hegering, Wenninger, Simon (62. Laudehr)b Beerensteyn (46. Bühl), Magull (57. Zadrazil), Lohmann, Asseyi; Dallmann e Schüller (87. Ilestedt)


Freiburg: Nuding; Karl, Steuerwald (78. Stegemann), Knaak, Vojteková; Hoffmann (89. Sanders), Minge (64. Wittje), Müller (89. Büchele), Bürger (64. Mégroz); Kayikci e Starke


DUISBURG 0x1 SC SAND


Com solitário gol de Emily Evels, as comandadas de Nora Häuptle conquistaram os seus três primeiros pontos na competição. O Sand foi superior durante a maior parte do jogo e mereceu sair com a vitória. Desde os primeiros minutos, era a equipe visitante quem pressionava e buscava jogar e até que demorou para sair o tento - só aos 45 minutos do primeiro tempo as redes balançaram. O Duisburg tentou uma reação na segunda etapa, mas parou no bom trabalho defensivo das rivais. 


Duisburg: Kämper; Yekka (46. Maierhofer), Hilbrands, Debitzki, Hochstein; Morina, Günster (46. Fürst), Zielinski, Halverkamps, Angerer (46. Cin); O’Riordan


SC Sand: Pal; Brandenburg, Moorrees, Caldwell, Sakar (74. Georgieva); Evels, Balcerzak, Kreil (46. Hoppius), Loos, Schaber (67. Gentile); Blagojevic (80. Tolmais)


WERDER BREMEN 1x3 SGS ESSEN


O Werder Bremen perdeu mais uma e segue sem pontuar na competição. O Essen, por sua vez, venceu a primeira e sem muitas dificuldades. As visitantes chegaram ao primeiro gol logo aos 4 minutos de jogo, com Baijings. O restante da primeira etapa foi bem parado, ambas equipes só chegaram através de bolas paradas e sem tanto perigo assim. O mesmo se desenhou no início do segundo tempo e por mera coincidência (ou não), o SGS ampliou em cobrança de bola parada, contando com desvio de Goddard contra a própria meta. O Werder chegou a diminuir poucos minutos após o segundo gol do Essen, mas não foi o bastante para se recolocar na partida de vez e ir em busca do empate. Aos 87 minutos, Markou fechou a conta, selando a vitória das Lila-Weiss.


Werder Bremen: Pauels; Timmermann, Ulbrich, Hausdorff, Lührssen; Hausicke (70. Wichmann), Gidion; Sehan, Walkling (60. Tarczynska), Volkmer; Goddard (67. Radosavljevic)


SGS Essen: Johannes; Klasen, Räcke, S. Ostermeier, L. Ostermeier; Anyomi (86. Markou), Senss, Feldkamp, Wamser (57. Laurier); Lange (86. Thiemann) e Baijings


EINTRACHT FRANKFURT 0x0 HOFFENHEIM


No jogo que era o mais aguardado da rodada, as redes não balançaram nenhuma vez. O Hoffenheim somou apenas seu primeiro ponto na competição, enquanto o Eintracht perdeu os 100% de aproveitamento que possuía e deixou o segundo lugar na tabela. 


Mesmo com dois desfalques importantes por lesões (Laura Feiersinger e Virginia Kirchberger), o Eintracht fez um bom jogo, mas não o suficiente para vencer. As equipes criaram pouco na primeira etapa, cenário distinto dos 45 minutos finais, onde o jogo teve muito mais intensidade e mais chances de gol de ambos os lados. O Frankfurt melhorou com a entrada da eslovena Lara Prasnikar no intervalo. A atacante, inclusive, foi responsável pela criação da primeira chance perigosa das Águias na segunda etapa com uma bela jogada individual que terminou em cruzamento para Reuteler, que por sua vez não conseguiu concluir a gol. O Hoffenheim respondeu com dois grandes ameaços, mas Billa e Wassmuth também não conseguiram guardar. Prasnikar ainda chegou a gerar mais uma chance pra Reuteler inaugurar o marcador, mas a suíça parou em Ann-Kathrin Dilfer, goleira do Kraichgauer. No fim das contas, o empate acabou sendo justo. 


Eintracht Frankfurt: Frohms; Aschauer, Störzel, Kleinherne, Hechler; Pawollek, Mauron (64. Nüsken); Dunst, Freigang, Panfil (46. Prasnikar); Reuteler


Hoffenheim: Dilfer; Naschenweng, Bühler, Wienroither, Rall; Dongus (75. Hartig); Krumbiegel (67. Brand), Hagel, Harsch, Wassmuth; Billa (85. Beuschlein)



WOLFSBURG 2x0 MEPPEN


Em casa, o Wolfsburg venceu a terceira consecutiva e encostou no líder Bayern. As Lobas não tiveram dificuldades para vencer o promovido Meppen. A enorme superioridade das tetracampeãs sob o rival se cumpriu durante todo o jogo, foram diversas as oportunidades criadas pelas donas da casa ainda na primeira etapa. O primeiro gol saiu aos 25 minutos, com Huth (de cabeça) após cruzamento de Dominique Janssen - que ampliaria e, consequentemente, fecharia a conta na segunda etapa em bela cobrança de falta por volta dos 70 minutos. O jogo também marcou as estreias das recém-contratadas Shanice van de Sanden e Karina Saevik. 


Wolfsburg: Kiedrzynek; Blässe (64. Dickenmann), Goessling, Wedemeyer, Janssen; Popp (77. Saevik), Oberdorf; Jakabfi (77. van de Sanden), Huth, Rauch (46. Wolter); Bremer (64. Engen)


Meppen: Närdemann; Becker, Ihlenburg, Rolfes, Goad; Weiss, Fullenkamp (61. Endemann); Flaws (84. Emmerling), Schulte, Berentzen (84. Preuss); Winczo (70. Krug)


TURBINE POTSDAM 2x0 BAYER LEVERKUSEN


O Potsdam manteve sua invencibilidade e encostou na parte de cima da tabela. O Bayer ofereceu perigo e controlou parte do primeiro tempo, mas não conseguiu converter sua momentânea superioridade em gol e foi devidamente castigado por Dina Orschmann aos 23 minutos, com uma pintura de fora da área, e Nina Ehegötz, já nos acréscimos da primeira etapa. No segundo tempo, o Potsdam fez o feijão com arroz para garantir a vitória - levou perigo em contra-ataques e deu pouco espaço para o Leverkusen trabalhar. 


Bayer Leverkusen: Klink; Kerschowski, Wirtz, Turanyi, Jessen; Wich (75. Bücher), Csiszár (58. Rackow), Kögel (58. Zeller), Matysik; Nikolic e Pinther (58. Friedrich)


Turbine Potsdam: Fischer; Elsig, Nally, Mesjasz; Orschmann (54. Kössler), Graf, Barth, Plattner, Höbinger (54. Schmidt); Ehegötz (76. Weidauer) e Cerci (54. Chmielinski)


SELEÇÃO DA RODADA


XI (4-4-2): Fischer; Elsig, Hegering, Moorrees, Janssen; Evels, Oberdorf, Jakabfi, Huth; Ehegötz e Baijings. Técnico: Sofian Chahed (Turbine Potsdam)

Dominique Janssen foi a craque da rodada, com certeza. A defensora foi importantíssima para que o Wolfsburg conseguisse os 3 pontos diante o Meppen participando dos dois gols da equipe e fazendo intervenções importantes em seu setor.


CLASSIFICAÇÃO APÓS A TERCEIRA RODADA

1) Bayern de Munique - 9 pontos (+11 SG)
2) Wolfsburg - 9 pontos (+8 SG)
3) Eintracht Frankfurt - 7 pontos (+6 SG)
4) Turbine Potsdam - 7 pontos (+4 SG)
5) Bayer Leverkusen - 6 pontos (+1 SG)
6) Freiburg - 3 pontos (+1 SG)
7) SGS Essen - 3 pontos (-3 SG)
8) SC Sand - 3 pontos (-8 SG)
9) Meppen - 2 pontos (-2 SG)
10) Duisburg - 1 ponto (-3 SG)
11) Hoffenheim - 1 ponto (-5 SG)
12) Werder Bremen - 0 pontos (-10 SG)

JOGOS DA PRÓXIMA RODADA


02/10/2020, sexta-feira

14h15 | Hoffenheim x Werder Bremen

04/09/2020, domingo

09h00 Bayer Leverkusen x Wolfsburg
09h00 | Meppen x Eintracht Frankfurt
09h00 | Freiburg x Duisburg
09h00 | SGS Essen x Bayern de Munique
09h00 | 
SC Sand x Turbine Potsdam

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.